WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia


agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  






:: 27/ago/2018 . 15:41

Justiça ordena exumação do corpo de menina que morreu antes de mãe e irmã com suspeita de envenenamento

Greicy Kelly e a irmã morreram com intervalo de uma semana (Foto: Reprodução/TV Bahia) 

A Justiça autorizou o pedido de exumação da menina de 5 anos, que morreu na cidade Maragogipe, no recôncavo da Bahia, com suspeita de envenenamento. A informação foi confirmada ao G1 nesta segunda-feira (27) pelo delegado Marcos Veloso.

Greicy Kelly Santos da Conceição, a irmã de 2 anos e a mãe morreram em um período de menos de 15 dias, após sentirem um mal-estar com sintomas parecidos. O corpo será exumado na sexta-feira (31), no Cemiterio de Nagé, onde ela foi enterrada por “morte natural”, antes da polícia suspeitar de envenenamento.

A Polícia Civil investiga se um líquido e um chocolate podem ter provocado a morte das vítimas. O material foi encontrado na casa da família. O cachorro da família também morreu.

Depois da perícia feita nos corpos da família, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) solicitou novos testes, pois não considerou o resultado suficiente para atestar a causa das mortes. O resultado dos laudos ainda não saiu.

Caso

Mãe e filhas morreram após mal-estar (Foto: Reprodução/TV Bahia)

A primeira morte registrada foi a de Greicy Kelly, no dia 30 de julho. A menina chegou a ser levada para o um hospital na cidade de São Félix, ao lado de Maragogipe, mas não resistiu.

Em seguida, no dia 6 de agosto, a irmã dela, Ruth Santos da Conceição, de 2 anos, também passou mal. Na segunda-feira (13), a mãe das meninas, Adriane Ribeiro Santana Santos, também teve um mal-estar. As duas foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maragogipe, mas também não resistiram.

ATENDIMENTO À LA COICE

Aconteceu num banco estatal poderoso, numa agência em Ilhéus. Não sou cliente, mas tinha uma quantia a receber lá.

Me dirigi à caixa, uma moça com cara de poucos amigos. Era o prenúncio.

Perguntei delicadamente: – Seria possível a senhora me dar tudo de cem?

A resposta nada cordial: “Não sei. Só vendo. Se todo mundo que chegar aqui for me pedir tudo de cem…”.

Minha única reação àquela gratuidade foi dizer: – Calma. Estou só perguntando se é possível ,  não estou exigindo nada.

Em seguida, bobo que sou, esperei por um pedido de desculpas que não veio. Ainda meio zonzo daquela patada, cheguei a pensar que não estava num banco, mas numa quitanda onde só circulava dinheiro miúdo. Aliás, já fui  melhor atendido em botequim de balcão ensebado à beira da estrada, do que naquele grandioso tamborete com ar refrigerado.

Deixa pra lá. No final, para minha surpresa, acabei recebendo tudo em notas de cem.

Ficou só uma pergunta no ar: pra quê o coice?

Nilson Pessoa

Notícias que gostaria de ler sobre nossa cidade: Ilhéus

  1. Prefeito decreta obrigatoriedade para comerciantes construírem os passeios de seus estabelecimentos seguindo um padrão de nível(altura) e material (nós cidadãos não construímos nossos passeios para nossas residências, por que eles não?).
  2. Prefeitura inicia Programa de Conscientização Cidade Limpa, colocando em todo o centro preferencialmente ao lado das lixeiras, placas do tipo : “Não jogue lixo no chão” ou “Conserve sua cidade limpa” ou “A rua que você suja é o espelho de sua casa”.  Quem sabe um dia o povo se conscientize da importância disto?
  3. Prefeitura conclui obra de recapeamento do asfalto, tapando os buracos existentes. Sempre que algum prefeito coloca uma nova capa de asfalto, este fica mais alto que os passeios o que provoca alagamento nos passeios das lojas, o certo seria substituir o asfalto. 
  4. E finalmente, Prefeito, junto aos empresários da região e com a concordância do Ibama, inicia (e conclui) obras de pequenas represas no leito do rio Cachoeira, especificamente nos locais onde existem mais pedras, gerando com isto, reservas de água, onde seriam criados peixes, camarões, pitus etc.Já existe uma assim.                          Cecilia Carvalho 

No Papo 13, Rui diz que vai levar ensino profissionalizante para todas as escolas

“Quero que a grande marca do segundo mandato seja a área de Educação, com foco especial na inclusão da juventude”. A frase do governador candidato à reeleição sintetiza a tônica do primeiro programa Papo 13, lançado ontem à noite (26), na página oficial de Rui Costa no Facebook. Em um bate-papo informal com sete jovens de origem social similar à do próprio governador, moradores da periferia, estudantes universitários e do ensino médio, Rui conta sobre os planos e propostas constantes no Programa de Governo Participativo (PGP 2018), registrado no TRE-BA, de ações que priorizam a formação e geração de oportunidades para inclusão dos jovens.

Programas como o Primeiro Emprego, que beneficia egressos e estudantes da educação profissional e tecnológica, com melhores resultados, e já selecionou 6.350 jovens para postos em Salvador e municípios do interior. “Quem nasce na periferia não tem esse negócio de ter padrinho na vida, e o que pode fazer é se dedicar a estudar”, comenta Rui, antecipando que pretende levar o ensino profissionalizante para todas as escolas do estado. Também a certeza de ampliar o projeto Escola Cultural, que leva dança, música, teatro, audiovisual e literatura para as escolas, e já alcançou 85 unidades escolares da rede estadual, implementado em 15 cidades.

Entre os participantes do grupo que entrevista Rui sobre os mais diversos assuntos, um revelou como foi ajudado pelo trabalho do Corra pro Abraço. Também sob o pilar da arte e educação, o projeto que visa promover cidadania e garantir direitos de pessoas que fazem uso abusivo de drogas em contextos de vulnerabilidade. “Vamos levar o programa para o estado inteiro, ampliando assistência social em parcerias com as prefeituras”, assegura Rui. Entre momentos de descontração e de forte emoção, como quando conta sobre a morte da mãe, Rui ainda fala de política, saúde e gestão, mantendo o jeito simples de quem valoriza a origem humilde. “Fé em Deus e gostar de trabalhar”, assim o candidato a reeleição garante o sucesso das ações no próximo quadriênio.

VEJA O PAPO 13 NO FACEBOOK:

https://www.facebook.com/ruicostaoficial/videos/256371841675172/UzpfSTEwMDAxMjg0NTY0MzkyNTo1MzAyOTE1Mzc0MDkwMzA/?id=100012845643925

____________________

DEIXA QUE EU DEIXO!

Enquanto o Município fica esperando que, num passe de mágica, o povo crie consciência da noite pro dia, os infratores do descarte de lixo e entulho pensam que o Município vai acabar recolhendo a lixarada que eles depositam no CAIC. Nem uma coisa, nem outra.

Lá se vão 25 anos de lixo (isso mesmo, um quarto de século), agora também na área interna do colégio. Só faz piorar.

A “vergonha de Ilhéus”, que ninguém dá jeito. Descaso ou incompetência? Talvez ambos, e de longa data.

Nilson Pessoa 

PSICOMUNDO <> AUSÊNCIAS DE PROGRAMAS DE PROJETOS NO BRASIL

Continuam as campanhas para as eleições, porém, notamos que são poucas as realizações sérias para oferecer aos brasileiros de forma imediata a impressão de que surgirão mudanças que resolvam tantos problemas administrativos que a classe política brasileira instalou no Brasil. O poder de gestão governamental em alguns setores da nossa nação sofreu uma desarrumação, deixando todos revoltados. Nessa tremenda fase desconfortável que passa o nosso país, a paz não poderá ser uma bandeira branca, falta honestidade com a alma limpa das pessoas que organizam o desenvolvimento da nossa Terra. Vivemos sempre em busca da serenidade e da fraternidade, contudo, poucos sabem o que significa no Brasil o respeito pela sua soberania.

Transformamos os nossos dias para vários tipos de fases e técnicas para sobrevivência da vida humana, e, infelizmente é esquecido do uso das igualdades de vontades, dando origem aos desrespeitos mútuos, caminhos maculados por exageradas ideias de grupo que é colocado para decidir por nossa população e prestar serviços de reais importâncias sociais, sem nenhum critério que tragam uma satisfação generalizada e projetada no respeito recíproco.

No Brasil é fácil observar que as administrações públicas não demonstram transparência que imponha a confiança imperativa para sua população. Existe um desconhecimento de projetos para seguir modelos visando com seriedade metas governamentais. Então vale refletir com questionamentos aos políticos, representantes do povo, mais especificamente, o que é um projeto? É um conjunto de atividades temporárias, realizadas em grupo, destinadas a produzir um produto, serviço ou resultados únicos. No entanto, a criação de um projeto é temporária no sentido de que tem um inicio e fim determinados no tempo, e, por isso, com objetivo estabelecido e com recursos definidos. Então, trata-se de realizações sérias e com a envergadura de trazer benefícios firmes e duráveis, ausentes de desvios de verbas e superfaturamentos reconhecidos por propinas. :: LEIA MAIS »





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia