WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia sufotur secom bahia secom bahia secom bahia sufotur secom bahia





julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  








OS TROPICOS ÚMIDOS BRASILEIROS, PATRIMÔNIO ECOLÓGICO UNIVERSAL. REPENSAR É PRECISO.

L. F. da Silva & M. M. Tourinho.

OS AUTORES Luiz Ferreira da Silva e Manoel Malheiros Tourinho possuem uma identidade muito forte com a Amazônia. Ambos foram companheiros da mesma Instituição, CEPLAC. Um nas ciências do solo e, o outro, na Sociologia Rural. Depois de aposentados, nunca vestiram a carapuça de inativo e continuaram “sinapseando”, mesmo ultrapassada a faixa dos “oitentrinos. Acreditam que têm cacife para falar da Amazônia. Luiz, realizou estudos de solos em Rondônia, coordenou a implantação de polos cacaueiros e assessorou a FAO/Universidade da Carolina do Norte na formatação de um projeto de manejo de solos tropicais. Tourinho, além de ter nascido nas barrancas do rio madeira, implantou a Universidade Rural da Amazônia e continua com projetos em zonas ribeirinhas. Praticamente, ao mesmo tempo, tiveram os olhos voltados à Amazônia, sobretudo imbuídos do desejo conservacionista e de contribuir para

debelar a fome de tantos irmãos abandonados.

Dessa forma, com uma visão até então não contemplada, sui generis, pois, escreveram os artigos a seguir, para reflexão dos que, por acaso, os lerem e estejam antenados com os pés- de paus do nosso Brasil. :: LEIA MAIS »

NOTÍCIAS DA AVEP


EMPATE E VITÓRIA DA EQUIPE DO CAP. MARCONI NA ABERTURA DA TEMPORADA
No domingo, dia 28 do corrente mês de janeiro de 2024, pela manhã, a Associação dos Veteranos de Esporte Praiano-AVEP, entidade de baba de praia quase centenária de Ilhéus, depois do recesso que sempre acontece no fim de cada ano, reiniciou suas atividades realizando a 1ª rodada de ‘babas de praia’ da Temporada 2024. No Campo Grimaldo as equipes dos capitães Eldon do Ofertão e Alex de Moises empatam de 1 a 1, com gols de Ismar Landgol para a primeira e Valdimiro de pênalti, para a segunda. No Campo Martial o quadro do Capitão Marconi abateu o escolhido pelo Capitão Renatinho dos Leais por 1 a ), gol do próprio capitão Marconi. Marcaram os baba os juízes Miranda (Campo Grimaldo) e Ederson (Campo Martial), com boas atuações conforme os olheiros de árbitros. Levaram cartões:
– Amarelo: Eldon do Ofertão, Isaque, Silva, Correia do HSBC, Junior Murta, Cleiton, Fred de Itabuna e Madureira
– Azul: Madureira; Cartão
– Vermelho: Eldon do Ofertão e Pitu
A rodada teve a coordenação do vice-presidente avepiano Robertão e foi realizada, como de praxe, na praia da Avenida Soares Lopes, imediações dos campos de tênis da Associação Ilheense de Beach Tennis – AIBT.

Equipes no Campo Grimaldo conforme súmulas
(Cap. Alex de Moises): Goleiro Valmir, Jackson Squar, Cleiton, José Hilton e Paulinho da AFC; Alex de Moises, Valdimiro,
(Cap. Eldon do Ofertão): Goleiro Vando Paiaço, Eldon do Ofertão, Isaque, Fabio Alan, Fofão, Pitu, Silva, Vilas Boas, Ismar Landgol e Torisco :: LEIA MAIS »

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE.

 

1) 64 ANOS DE JOSÉ LEITE EM ILHÉUS.
2) FAMÍLIAS TRADICIONAIS DE ILHÉUS (PARTE 17)
3) AMIGOS QUE A GENTE GOSTA.
4) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

Ano eleitoral exige mais cautela em cibersegurança e proteção de dados, aponta especialista

Criação da Política Nacional de Cibersegurança deve fechar o cerco contra o vazamento de dados e infrações à LGPD

Em 2024, haverá eleições para prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do Brasil. A recente instituição da Política Nacional de Cibersegurança (PNCiber), que visa orientar as atividades de segurança cibernética no País, é mais um indício de que o cerco contra os cibercrimes está se fechando. A medida deve evitar que outros casos, como de disparos em massa para contatos via WhatsApp, infringindo a Lei Geral da Proteção de Dados (LGPD), aconteçam no pleito deste ano.

O especialista em cibersegurança, Leonardo Baiardi, líder da equipe de segurança da dataRain, ressalta que as atualizações legais desempenham um papel fundamental na defesa da segurança cibernética e na proteção dos direitos individuais dos cidadãos em um ambiente cada vez mais digitalizado e interconectado. “É importante lembrar: sem a garantia da proteção e privacidade, além das multas, todo o ecossistema de uma democracia é colocado em xeque”.

Baiardi ressalta que o ambiente político é um alvo atrativo para ameaças cibernéticas, especialmente durante as eleições, quando os dados dos eleitores podem ser alvo de manipulação e exploração. “As eleições de 2024 exigirão um empenho extra na proteção de dados e na cibersegurança para garantir a integridade do processo eleitoral e proteger os direitos fundamentais dos cidadãos”, afirma. :: LEIA MAIS »

Trio Demolidor completa 25 anos com novidades para o Carnaval 2024

De propriedade da Brandtruck, gigante do carnaval se revitaliza em sua terceira geração para a maratona da folia de rua em São Paulo.

São Paulo, fevereiro de 2024 – São 24 metros de cumprimento. Considerado um gigante do carnaval, o Trio Demolidor se prepara para seu 25º aniversário na folia e, para este ano, chega repaginado e ainda mais sustentável. Com 30 anos de experiência em ativações de rua e micaretas em todo o Brasil, a Brandtruck, proprietária do trio elétrico mais concorrido do carnaval de rua de São Paulo, anuncia novidades.

Pensando em como comemorar o seu 25º carnaval ainda mais preparado, a terceira geração de um dos maiores trios elétricos do Brasil passou por atualizações. Além de uma revitalização considerando conforto, como novo estofado e revestimentos internos, melhorou sua infraestrutura, com novos equipamentos elétricos e de som, e claro, uma nova pintura automotiva.

Mas o ponto mais importante da mudança foi a respeito de um investimento focado na sustentabilidade. O veículo é ecologicamente correto, pois por ser mais leve, já que é feito de alumínio, economiza mais diesel e polui menos o meio ambiente.

Avaliado em R$ 4 milhões, o Demolidor é seguro, potente, moderno e luxuoso. O trio foi premiado por 3 anos consecutivos com o troféu Castro Alves como o Melhor Trio Elétrico do Carnaval de Salvador. “Atendemos a Ivete Sangalo por 8 anos, Gusttavo Lima, Anitta e tantos outros artistas; participamos de importantes eventos no decorrer do ano, como a Marcha para Jesus, Parada LGBTQIA+, além de comemorações esportivas, como a recepção da Seleção Brasileira Pentacampeã do Mundo. Nos orgulhamos de levar alegria às pessoas através desta grande usina sonora.”, comenta Marcello Borgerth, CEO da Brandtruck.

Na folia paulistana 2024, o Demolidor é protagonista e concorrido por muitos blocos, que contarão com a imponência e experiência de mais de duas décadas do trio. São eles:

03/02 – Toca um Sambai (Inimigos da HP) – Rua Henrique Schaumann, 567 – 13h às 18h

04/02 – Baixo Augusta (Criolo, Simoninha, Alessandra Negrini, entre outros) – Rua da Consolação com Av. Paulista – 13h às 18h

10/02 – Agrada Gregos (Glória Groove) – entre o Obelisco do Ibirapuera e Monumento das Bandeiras – 14h às 19h

11/02 – Bem Sertanejo (Michel Teló e convidados) – entre o Obelisco do Ibirapuera e Monumento das Bandeiras –– 11h às 16h

12/02 – DRE Carnaval – Av. Faria Lima, 4.150 – 14h às 19h

13/02 – Bloco da Latinha MIX (DJ Alok, Di Ferrero/NX Zero, Sofi Tukker e bateria da Rosas de Ouro) – Obelisco do Ibirapuera – 13h às 18h

14/02 – Se Te Pego Não Te Largo (Matheus VK e Emanuelle Araujo – ex-Banda Eva) – Rua Henrique Schaumann, 567 – 14h às 19h

 

Carnaval: 5 medidas para diminuir o lixo nas ruas

Especialista em sustentabilidade dá dicas para comunidades, blocos e foliões reduzirem os danos ao meio ambiente durante a folia

O Carnaval é um espetáculo de beleza, alegria e celebração, que reúne milhares de pessoas nas ruas pelo país, e que acaba colocando em destaque um problema que é global e está no nosso dia a dia: o descarte dos resíduos sólidos.  

A ressaca dos blocos nas ruas, muitas vezes, acaba refletindo em praias e calçadões sujos. Isso porque, neste período, é utilizada uma quantidade significativa de itens descartáveis, que desempenham sua função por apenas alguns segundos ou minutos, causando um impacto expressivo e duradouro no meio ambiente.   

Gabriela Gugelmin, diretora de inovação e sustentabilidade da ERT (Earth Renewable Technologies), maior fabricante de plástico 100% biodegradável e compostável da América Latina, alerta para a urgência de despertar a consciência e educar a população para que todos possam contribuir para um cenário pós-Carnaval diferente.  

“Nosso objetivo é transformar não apenas a festa, mas também o amanhecer do dia seguinte, garantindo que a celebração não deixe rastros negativos no meio ambiente”, afirma Gabriela. 

Abaixo, ela relaciona medidas que podem ser adotadas por foliões que vão festejar o Carnaval de rua neste ano, a fim de reduzir o lixo e os danos. 

  1. Uso consciente de descartáveis

Se utilizar descartáveis, opte por produtos feitos de materiais que não agridam o meio ambiente, como o plástico biodegradável e compostável, que pode ser encontrado em copos, pratos e talheres. L 

  1. Descarte consciente

Utilize corretamente as lixeiras disponíveis, separando os resíduos de acordo com as indicações de recicláveis, compostáveis e não recicláveis. Evite o descarte de lixo nas ruas, praias ou em locais inadequados. 

  1. Evitar excesso de embalagens

Ao consumir alimentos e bebidas durante os eventos, opte por fornecedores que evitem o uso excessivo de embalagens descartáveis. Sempre que possível, dê preferência a materiais feitos de plástico biodegradável e compostável. Leve consigo recipientes reutilizáveis para evitar o descarte desnecessário. 

  1. Adoção de práticas sustentáveis no evento

Exija do gestor público ou organizador do evento a sensibilização junto a bares e comerciantes para a redução de resíduo e que estabeleça pontos estratégicos de coleta, com lixeiras identificadas para diferentes materiais, incluindo uma específica para recicláveis e um para produtos orgânicos/compostáveis. E, sempre que possível, participe de ações voluntárias de limpeza e cobre o destino adequado do material recolhido. 

  1. Conscientização junto a grupos e amigos

Compartilhe informações sobre práticas sustentáveis com amigos e grupos que participam dos eventos de Carnaval, como as dicas acima.

 

A Pousada Barrabella, que fica no município baiano de Maraú, se pronunciou após entidades estaduais e federais recomendaram a suspensão da construção de uma nova estrutura no empreendimento, denominada ‘Cabana da Praia’.

De acordo com representantes da pousada, as decisões de embargo e demolição dos Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público da Bahia (MP-BA) foram tomadas sem ouvir o empreendedor e o cidadão.
A estrutura estava sendo construída com declaração estadual de inexistência de impacto, dentro das orientações que determina a linha de preamar e distância da praia. Trata-se de um dos poucos empreendimentos de baixa densidade de ocupação, que não impede o acesso à praia, seguindo todas as normas legais e técnicas.

:: LEIA MAIS »

NOTÍCIAS DA AVEP _BANDA PODRE

BANDA PODRE EM AÇÃO
BP PARTICIPA DE QUADRANGULAR EM CANAVIEIRAS
Dia 21.01.2024 a Banda Podre participou de um quadrangular de futebol de campo (soçaite de 9 jogadores para cada lado) na cidade de Canavieiras, no Clube Recreativo Luznamar desta cidade.
A equipe de Una venceu a de Boca do Córrego (distrito de Belmonte) por 2 a 1 e a agremiação de Ilhéus ganhou da do Clube Recreativo Luznamar, anfitriã do torneiro, por 2 a 0, gols do atacante Eldon do Ofertão ao 11 e aos 23 minutos da 1ª etapa. No quadro ilheense atuaram: Goleiro Vando Paiaço, Cleiton, Fofão, Galletti da Rio de Engenho, Gilson do Taxi, Adauto Negocinho, Pitanga, Charles Reis, Eldon do Ofertão (Entraram também: Billy, Carlão do Taxi, Udson da Polícia, Gildeon, Gagarin, Bahia e Cícero). Trabalharam na beirada das quatro linhas, Zezinho da Baixa Fria (Técnico), Paulo Gois do Bradesco (Auxiliar Técnico) e Vado do Bradesco (Supervisor).
Para o beque-de-espera III atuando como Auxiliar Técnico Paulo Gois do Bradesco, todos os que entraram em campo pelo time da Banda Podre, jogaram bem, e contribuíram para a vitória desta agremiação.
O evento pela parte ilheense teve a inciativa do promoter Zezinho da Baixa Fria, presidente por aclamação da Poda Podre, braço da Associação dos Veteranos de Esporte Praiano- AVEP, para jogos aleatórios, e o apoio do vereador Augustão e do cidadão Laercio Eutimio. O lado anfitrião (Canavieiras) foi organização por Silva, Azenral e Paulinho, diretores do Clube Recreativo Luznamar. O encontro foi prestigiado por bom número de avepianos e familiares.
NOTA TRISTE E COMOVENTE DO ENCONTRO
No decorrer do encontro um triste ocorrido acabou a brincadeira: o inesperado falecimento do associado avepiano Udson da Silva Belém. Ele havia entrado em campo no 2º tempo pela Banda Podre quando, com cerca de 15 minutos de atuação, sem dar nenhum sinal, enfartou. Como jogava na retaguarda, foi o goleiro Vando Paiaço do time bandapodrense o primeiro a perceber a situação. Alertado, o juiz de imediato paralisou a partida vindo em seguida os primeiros socorros. Levado para o hospital, infelizmente…
Momento que a comoção e a tristeza –com o espaço Luznamar repleto de participantes– tomou conta dos presentes.
Vale registrar, como lembra o associado Paulo Gois do Bradesco, o apoio dado por Eustacio Lopes, presidente da Associação da Polícia Civil, na agilização do processo pós infeliz ocorrido.
Como um cara de fácil amizade e agregador, com certeza Udson, onde estiver, estará em um bom lugar. O presidente da AVEP Djalma Peludo em nome dos associados deseja aos familiares e aos amigos de Udson, muita força neste momento difícil.
Sim, Udson era funcionário Escrivão da Polícia Civil de Ilhéus, e no lazer seus olhares eram voltados para o Bahia, time do coração; seu Grupo de Pagode, como um entusiasta do samba, e para a AVEP, sua associação de esporte praiano.
Por condizer com o sentimento de todos os associados desta entidade esportiva praiana(Avep), achamos por bem reproduzir, entre aspas, a postagem de um associado avepiano no ‘Grupo Avepiano’ do WhatsApp logo depois da triste fatalidade.

“Momento de profunda tristeza no seio dos Avepianos, Secretária de Segurança Pública e nas rodas de sambas em Ilhéus-Bahia, com o prematuro falecimento do amigo UDSON DA SILVA BELÉM, uma pessoa alegre, família, extrovertido que jogando uma partida de futebol teve um infarto fulminante. Que Deus, na sua infinita bondade o receba em seus braços e conforte os seus familiares e amigos.
Siga em paz amigo!”
Carlos Artur Kruschewsky

Texto do associado Heckel Januário. Fotos dos “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos e secretário-mor desta entidade.

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE.

1) 64 ANOS DE JOSÉ LEITE EM ILHÉUS.
2) FAMÍLIAS TRADICIONAIS DE ILHÉUS (PARTE 16).
3) HOMENAGEM AO DR. LUIZ PEDREIRA FERNANDES.
4) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

Ex-alunos da Rede SESI comemoram desempenho na redação do ENEM

 
Na Escola SESI Adonias Filho, Ilhéus, foram 35 alunos com notas acima de 900. 

Dos cerca de 1.600 alunos da Rede SESI que concluíram a terceira série do Ensino Médio, 269 fizeram mais de 900 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem); outros 913 atingiram mais de 700 como nota na prova. Os resultados foram representativos para quem se inscreveu no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que encerrou as inscrições nesta quinta-feira (25).

Ex-aluna da Escola SESI Djalma Pessoa, no bairro de Piatã, em Salvador, Ana Júlia Souza, 18, que tirou nota 980, está radiante com o resultado. Ela, que está pleiteando uma vaga no curso de Direito da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), acredita que “está dentro” e que a redação foi um diferencial no Exame.

Ela conta que o estímulo e o apoio dos professores foram fundamentais durante o processo de melhoria do texto. “Acredito que o exercício de treinar, reler, e corrigir a dissertação foi o que mais me ajudou a estruturar uma boa redação. Além disso, participar de um grupo de iniciação científica ampliou meu repertório”, conta Ana Júlia.

Quem também comemorou 980 pontos na prova de redação foi Cledson Bomfim Júnior, 18, que concluiu a 3ª série na Escola SESI Reitor Miguel Calmon, no Retiro, em Salvador. O jovem, que não tinha o hábito de escrever, explica que o que mais o ajudou foi a utilização do Programa de Letramento Letrus, que apoia no desenvolvimento da escrita e contribui para aprimorar a produção de redação dos estudantes.

“Me ajudou muito a melhorar meu texto, porque a gente recebe a correção do que escreveu logo em seguida”, diz o jovem, que pretende cursar Medicina Veterinária na Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Adotada em todas as escolas da Rede SESI Bahia, a ferramenta Letrus potencializa o processo de escrita com o uso da IA. Por meio dele, é possível avaliar textos dissertativos, de forma quase imediata, usando os mesmos critérios das competências adotadas pelo Enem.

Para o professor de referência da área de Linguagens da Rede SESI Bahia, Danilo Passos, os resultados positivos são fruto do acesso a vários tipos de escrita e fontes de informação. “Estimulamos nossos estudantes a explorar diferentes conteúdos, pois é isso que possibilita criar o repertório que precisa se conectar à estrutura dissertativa”, revela.

Celebrando as notas e as conquistas dos egressos, a diretora da Escola SESI Djalma Pessoa, Nairene Souza, acrescenta que a riqueza do repertório dos alunos da Rede vem também da integração das quatro áreas de conhecimento, que é trabalhada nas metodologias ativas adotadas pela Rede SESI de Educação.

Legenda da imagem: Estudantes e professora da Escola SESI Ignez Pitta de Almeida, em Barreiras, comemoram pontuação alta na prova do Enem.

 

Bahia registra R$ 6,8 bilhões em investimentos de empresas incentivadas pela Sudene em 2023

Balanço divulgado hoje pela instituição registra 176 pleitos aprovados pela Diretoria Colegiada no estado

Recife (PE) – A Sudene, em 2023, superou os números do ano anterior na concessão de incentivos fiscais para os 11 estados da sua área de atuação. Foram 653 pleitos de aprovados (alta de 45%) pela Diretoria Colegiada e atração de R$ 34,2 bilhões, volume 51% maior que os R$ 22,6 bilhões registrados em 2022. As empresas incentivadas pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste empregaram 314 mil profissionais no ano passado.

“Esses dados evidenciam a retomada do nosso prestígio junto ao setor produtivo. Os empreendedores passaram a enxergar a Sudene como uma parceira importante para consolidar negócios em meio às oportunidades diferenciadas que o Nordeste pode oferecer a vários segmentos da economia nacional”, avalia o superintendente Danilo Cabral. Os incentivos fiscais são um dos principais instrumentos de ação da instituição, que também administra o FDNE (Fundo de Desenvolvimento do Nordeste) e define as diretrizes do FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste).

As empresas instaladas na Bahia divulgaram investimentos de R$ 6,8 bilhões, garantindo 68.833 postos de trabalho. No total, foram 176 pleitos em 2023. No ano anterior, o estado teve 101 demandas aprovadas, que registraram R$ 7,8 bilhões em investimentos. Os maiores foram das empresas SPE Futura 4 e 1 Geração e Comercialização de Energia Solar, com R$ 659,9 milhões e R$ 549,8 milhões, respectivamente, e Ardagh Metal Packaging Brasil (R$ 526,5 milhões).

Considerando os dados globais, os setores que representaram o maior volume de investimentos foram o de infraestrutura (R$ 11 bilhões), o petroquímico (R$ 9,4 bilhões), o de alimentos e bebidas (R$ 2,3 bilhões), o siderúrgico (R$ 2,2 bilhões) e o químico (R$ 1,8 bilhão).

“Fizemos um grande esforço para divulgar nossos instrumentos de atração de investimentos para a região no último ano, promovendo o desenvolvimento regional com a ampliação da geração de empregos e renda para a população. O número de pleitos de incentivos fiscais aprovados em 2023 é resultado dessa ação”, afirma o diretor de Gestão de Fundos e Incentivos Fiscais da Sudene, Heitor Freire. Outro aspecto que contribuiu para o aumento da demanda por incentivos foi o prazo para a concessão de benefícios fiscais.

A lei previa que os incentivos da Sudene só poderiam ser concedidos até 31 de dezembro de 2023. Então, houve uma “corrida” das empresas para apresentação de pleitos. Com a sanção da lei 14.753/23, esse benefício foi prorrogado até 2028. “É preciso destacar que o prazo de fruição dos nossos incentivos é de 10 anos”, acrescentou Heitor Freire.

As empresas incentivadas instaladas na Bahia também investiram R$ 6,8 bilhões em 2023. Em seguida, aparecem Sergipe (R$ 4,7 bilhões), Maranhão (R$ 4,2 bilhões), Espírito Santo (R$ 3,4 bilhões), Ceará (R$ 3,1 bilhões), Piauí (R$ 1,5 bilhão), Alagoas (R$ 1,2 bilhão), Minas Gerais (R$ 942 milhões), Rio Grande do Norte (R$ 891 milhões) e Paraíba (R$ 311 milhões).

O coordenador-geral de Incentivos e Benefícios Fiscais e Financeiros, Silvio Carlos do Amaral e Silva, explica que existem três modalidades de incentivos oferecidos pela Sudene: isenção do IRPJ, redução de 75% do IRPJ e reinvestimentos de IRPJ. As duas primeiras podem ser para projetos de implantação, modernização, ampliação ou diversificação de empreendimentos. “Um dos critérios mais importantes é que as empresas devem ser optantes da tributação com base no lucro real, para efeito de fruição deste benefício fiscal”, ressaltou.

Moradores de Ilhéus sofrem após as chuvas- casa e ruas continuam com lama

MORADORES DE ILHÉUS AINDA SOFREM COM CONSEQUÊNCIAS DAS FORTES CHUVAS
Mesmo depois de 24 horas as drásticas consequências das chuvas são vistas pelas ruas e casas de Ilhéus.
Lama por todo o centro da cidade e bairros, casas completamente destruídas, é um cenário de guerra, e sim, é uma guerra climática.
Organizações da sociedade civil como Amigos Solidários e Grupo de Amigos da Praia realizam ações desde os primeiros momentos, com mobilização de voluntários para limpeza das casas e arrecadação de donativos.
A maior demanda agora é com material de limpeza, por que muitas casas foram varridas pela lama, que ao secar se torna de difícil remoção.
“O GAP está arrecadando detergente, desinfetante, sabão em pó, pano de chão, rodo , vassoura e água mineral, outro item que tem sido muito solicitado é Lona Plástica resistente pois muitas casas não receberam qualquer tipo de apoio governamental”, afirma Dávila Maria, diretora da ONG que fica situada na Avenida Soares Lopes, n. 1362. Atuamos  desde 2018 com conservação da zona costeira, das praias e a emergência climática que vivemos na região afeta a saúde de todos, esse barro, essa lama contaminada pode transmitir doenças graves aos afetados e depois tudo isso escorre para rios e mares contaminado também a fauna”, afirma a engenheira agrônoma.
Desde dezembro de 2021 já foram 07 incidentes graves na modalidade desastre hídrico e geológico, marcando a cidade de forma profunda em face de tamanhas tragédias humanitárias e ambientais.
O quê: doações para afetados pela chuva
Onde: Grupo de Amigos da Praia, Avenida Soares Lopes, 1362
Horário: 08:30 às 18:00
Entrevista : Dávila Maria Araújo – telefone 073-99182-9777





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia