WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia sufotur secom bahia secom bahia secom bahia sufotur secom bahia





julho 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  








Rúbia Carvalho um nome na política ilheense

Rúbia Watson de Souza Carvalho, Brasileira, viúva, advogada formada pela FESPI/UESC, Turma de 1975, nascida em 28 de fevereiro de 1952 em Salvador/ Bahia, foi casa quase 50 anos com Joaquim Carvalho Neto, tem 3 filhos, 5 netas e aguarda mais alguns, rsss.
Chegou para morar definitivamente em ILHÉUS BA em julho de 1959 por que seu pai fora convidado para uma sociedade de comerciantes e exportador de cacau. Estudou o primário na Escola Ruy Barbosa, ginásio e científico em escolas pública como CEAMEV, IME e Colégio Estadual de Itabuna, em seguida fez vestibular na antiga Faculdade de Direito de Ilhéus.
Foi Monitora e Secretária Geral da OAB/Subseção de Ilhéus, Secretária de Assistência Social, Com., Ind. e C&T, além de Presidente da Fundação Negreiros, em Ilhéus; Secretária de Agricultura, Pesca e M.A no município de Itaparica, Diretora de Fomento as TICs; Coord. do Programa de Inclusão as TICs, Diretora do Museu de C&T do Estado da Bahia e Presidente da Assembléia Geral da Cruzada do Bem pelo Bem, instituição de mais de 90 anos, onde final de março renunciou ao cargo por que atualmente é pré candidata a vereadora.
Gratidão a DEUS por ter permitido minha família vir morar no município de ILHÉUS, aqui nasceram meus filhos, minhas netas, e aproveito para expressar a minha felicidade por ter recebido o título de Cidadã Ilheense no dia do meu aniversário.
A minha gratidão pela confiança a minha família, amigos, eleitores, pedindo a ELE a cada momento que possamos viver para cumprir uma missão positiva na nossa São Jorge dos ILHÉUS.

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE.

1) 64 ANOS DE JOSÉ LEITE EM ILHÉUS.
2) FAMÍLIAS TRADICIONAIS DE ILHÉUS (PARTE 36).
3) VIAGEM PARA JUAZEIRO DO NORTE (PARTE 2).
4) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

Sudene aprova consultas prévias para projetos de energia renovável em três estados no Nordeste

Esse é o primeiro passo para a obtenção de financiamento do FDNE.
Recife (PE) – A Diretoria Colegiada da Sudene aprovou seis consultas prévias de empreendimentos de energia eólica que estão sendo implantados nos estados da Paraíba (3), Pernambuco (2) e Rio Grande do Norte (1). Juntos, eles podem receber R$ 909,57 milhões do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE). Após a aprovação da consulta prévia, a empresa deve apresentar o projeto do empreendimento a uma instituição financeira federal – que será o agente operador e fará a análise técnico-econômico-financeira e de risco. Feita a análise do banco, a Sudene volta a avaliar o projeto e, então, decide sobre a autorização do financiamento.

Na Paraíba, estão sendo instalados três empreendimentos de energia eólica no município de Pocinhos (Centrais Eólicas Borborema I, III e IV), com previsão de investimento total da ordem de R$ 710,63 milhões e participação do FDNE de R$ 388,10, milhões. A expectativa é de que sejam gerados 157 empregos diretos e indiretos.

O estado de Pernambuco está sendo contemplado com dois projetos de energia solar (Solar do Agreste Geração de Energia Ltda e Sol do Agreste Geração de Energia LTDA), que terão investimento total de R$ 717,63 milhões e participação do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste estimada em R$ 424,10 milhões. Quanto à criação de postos de trabalho, as empresas prevêem 1.352 (diretos e indiretos).

Já o Rio Grande do Norte terá um projeto da empresa Sol Serra do Mel VIII S.A, que pleiteia recursos no valor de R$ 97,35 milhões do FDNE, enquanto o investimento total é da ordem de R$ 162,26 milhões, para implantar um parque solar fotovoltaico de geração de energia no município de Serra do Mel. Devem ser gerados 190 empregos diretos e indiretos.

Todos os projetos preveem contrapartidas econômicas, sociais e ambientais, que incluem, entre outras ações, assegurar o monitoramento ambiental e a documentação rigorosa de todas as ações desenvolvidas, garantindo a inclusão de critérios ambientais em todas as fases do processo de detalhamento do projeto executivo, além de buscar manter um bom relacionamento entre a empresa e a população (PB); criação de empregos na região e entorno, geração de energia limpa/renovável e diversificação da matriz elétrica brasileira (PE); atividades focadas em três pilares primordiais (educação, economia solidária e equilíbrio hídrico), com foco na produção de energia renovável de forma sustentável e autossuficiente (RN).

Foram aprovadas, ainda, pela Diretoria Colegiada da  Sudene, consultas prévias referentes as empresas Corte 84 Indústria Frigorífica Ltda (RN) e Territorial Construções e Serviços Ltda (PE), que estão, respectivamente, ampliando uma indústria frigorífica localizada no município de Macaíba e implantando uma fábrica para produção de formas metálicas para construção civil no município de Russas.

O projeto potiguar prevê um investimento total de R$ 82,58 milhões, financiamento do FDNE no valor de R$ 41,29 milhões e geração de 680 empregos diretos e indiretos, enquanto o projeto pernambucano estima o investimento total em R$ 33,79 milhões e pode contar com R$ 16,89 milhões do fundo administrado pela Sudene, além de criar 24 postos de trabalho (diretos e indiretos).

As contrapartidas das duas empresas são estímulo à economia local, investimentos em programas de capacitação e treinamento para os colaboradores e apoio a projetos educacionais, de saúde e culturais que beneficiam diretamente a comunidade (Corte 84 Indústria Frigorífica Ltda); realização de campanha ambiental focada na orientação dos clientes, por meio de ações de sustentabilidade, com o objetivo de reduzir a geração de entulhos, preservando tanto o ambiente quanto os recursos naturais (Territorial Construções e Serviços Ltda).

Por Carla Pimentel

 

NOTÍCIAS DA AVEP


5ª RODADA COM VITÓRIA DOS CAPITÃES ELDON DO OFERTÃO E LUÍS HUMBERTO
Domingo, dia 7 pela manhã a Associação dos Veteranos de Esporte Praiano-AVEP, entidade de baba de praia quase centenária de Ilhéus, realizou sua 5ª rodada da mencionada modalidade esportiva da Temporada 2024, em que no Campo Grimaldo a equipe do Capitão Eldon do Ofertão venceu a do Capitão Rogerio por 4 a 1, com gols de Charles Reis(1), o próprio capitão Eldon do Ofertão(2) e Carlos André(1) para a vencedora e o próprio Rogerio(1) para a perdedora. No Campo Martial saiu-se vitorioso o quadro dirigido pelo Capitão Luís Humberto ao abater o do Capitão Valdimiro pelo placar de 3 a 2, conferindo Marconi(2) e Airton Badungo para o ganhador e Duda pantera(1) e Angelito(1) para o perdedor. A rodada, como de praxe, foi realizada na praia da Av. Soares Lopes, imediações dos campos de tênis da Associação Ilheense de Beach Tennis – AIBT, e esteve sob coordenação como Diretor do Dia, de Robertão, torcedor do Vitória, o campeão baiano de 2024. Apitaram os juízes Emerson (Campo Grimaldo) e Coelho (Campo Martial), com atuações boas, conforme os analistas de árbitros avepianos. Levaram Cartão Amarelo os associados Airton Badungo, Lázaro e Paulo Sergio.
Equipes no Campo Grimaldo conforme súmulas
(Cap. Eldon do Ofertão): Goleiro Rosivaldo, Geraldo da Ceplac(Claudio Assis), Fred de Itabuna, Alvinho Beque-de-vigor e Zé Hilton; Isaque, Daniel Murta e Charles Reis; Dudu, Eldon do Ofertão e Carlos André.
X
(Cap. Rogerio): Goleiro Ricardo do Caminhão, Gilson do Taxi, Galletti da Rio de Engenho, Djalma Peludo, Paulinho da AFC e Silvio Reis; Adauto Negocinho, Sócrates e Sena; Alex de Moises e Rogerio. :: LEIA MAIS »

Nota de Pesar

É com imensa tristeza que informamos o falecimento de ANDRÉ ROSA, um grande historiador que  representava a cidade de Ilhéus com maestria em todos os seus trabalhos.

A FAMÍLIA R2CPRESS ABRAÇA TODOS OS AMIGOS E FAMILIARES COM NOSSOS SINCEROS SENTIMENTOS.

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE.

1) 64 ANOS DE JOSÉ LEITE EM ILHÉUS.
2) FAMÍLIAS TRADICIONAIS DE ILHÉUS (PARTE 35).
3) VIAGEM PARA JUAZEIRO DO NORTE 1ª PARTE.
4) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »

AS SETE (7) MARAVILHAS DE DEUS

Luiz Ferreira da Silva, 87

luizferreira1937@gmail.com

 Homem, que sempre valoriza as coisas físicas, elegeu as 7 maravilhas do mundo, cravando nas grandes obras feitas por ele mesmo.
No entanto, em seu interior orgânico, há maravilhas ofertadas por Deus, esquecidas pela humanidade. Um pensador me alertou a respeito e resolvi expandir essa assertiva.
  • I. VER
  • II. OUVIR
  • III. SENTIR
  • IV. TOCAR
  • V. SABOREAR
  • VI. RIR
  • VII. AMAR
VER o imenso mar, emitindo energias; OUVIR o canto dos pássaros e a Asa Branca de Luiz Gonzaga; SENTIR o crescimento da família edificada; TOCAR na sensibilidade do outro, fazendo-o feliz; SABOREAR as frutas do campo, lambuzando-se com uma manga rosa; RIR dos dribles do Mané Garrincha e das quedas dos filhos em sua primeira caminhada; e AMAR, a maravilha-maior que congrega as outras seis.
Pense nisso!

FIEB ABRE INSCRIÇÕES PARA 3º CICLO DE FORMAÇÃO DE JOVENS LIDERANÇAS DA INDÚSTRIA

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de novos líderes para a indústria, a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) está com inscrições abertas para o III Ciclo de Formação de Jovens Lideranças da Indústria. A iniciativa é da FIEB, por meio da Gerência de Relações Sindicais e do Conselho FIEB Jovem, em parceria com o Sebrae-BA.

Para participar da iniciativa, que já capacitou mais de 100 jovens empresários da indústria e vem contribuindo para o desenvolvimento de iniciativas inovadoras de gestão, basta clicar neste link https://pt.surveymonkey.com/r/FN3B6M8. Na sequência os organizadores da formação entrarão em contato. As vagas são limitadas, e a aula inaugural do III Ciclo de Formação de Jovens Lideranças da Indústria está programada para ocorrer no dia 23/04, às 17h, na sede da FIEB.

O Ciclo de Formação visa promover a capacitação de novos líderes da indústria, com foco na construção de uma jornada de autoconhecimento como líder empresarial. A iniciativa inclui ações voltadas para networking, interação, dinâmicas e fóruns de discussão. :: LEIA MAIS »

Prato Brasil – Do Campo à Mesa premia vencedora com viagem a Paris

Reality show culinário com mulheres do agro encerra inscrições no próximo dia 21; final será realizada ao vivo no 9º CNMA

reality show documental inédito Prato Brasil – Do Campo à Mesa, promovido pelo Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio (CNMA), premiará a vencedora do concurso com um workshop na prestigiada escola francesa Le Cordon Bleu, em Paris. Podem participar do reality mulheres do agronegócio “de dentro e fora da porteira” de todas as regiões do Brasil. As inscrições para o reality se encerram no próximo dia 21 de abril e devem ser feitas no site www.pratobrasil.com.br  

A ideia do programa, que terá seis episódios é apresentar ingredientes e pratos regionais das participantes, que também contarão suas histórias de vida, desafios e conquistas no agronegócio. A competição culinária é uma parceria do CNMA com a Band, que exibirá o programa nos canais Sabor&Arte e Terra Viva, além de promover sua divulgação em chamadas e “pílulas” de vídeos durante a grade dos canais Band News e Agro+.  

As eliminatórias regionais serão gravadas no Instituto Cordon Bleu, em São Paulo (SP), e a grande final será transmitida ao vivo no encerramento do segundo dia do CNMA, que realiza sua nona edição entre 23 e 24 de outubro no Transamerica Expo Center, também na capital paulista. O prêmio principal será uma viagem a Paris, com transporte aéreo e hospedagem pagas, além do workshop na Le Cordon Bleu. As segunda e terceira colocadas ganharão um minicurso de três dias ou uma experiência na unidade paulistana da renomada escola francesa.  

O maior congresso global de mulheres do agronegócio  

Caminhando para sua nona edição, o Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio será realizado nos dias 23 e 24 de outubro no Transamerica Expo Center, em São Paulo. A expectativa deste ano é receber 3.600 congressistas, novo recorde de público.  

Trabalhando assuntos diversos, relevantes e atuais, com a presença de grandes nomes e instituições do agro, este ano o CNMA terá como tema principal “Mulher Agro Brasileira: Voz para o Mundo”, cujo objetivo é utilizar a força da voz feminina como meio de expandir a visão global sobre o agronegócio brasileiro e ajudar a criar uma percepção justa do setor.  

As inscrições podem ser realizadas pelo site www.mulheresdoagro.com.br/inscricao/ 

Mais informações podem ser acessadas em www.mulheresdoagro.com.br e pelo Instagram do evento @congressodasmulheresdoagro.  

 

Expectativas para avanço do PIB de 2024 melhoram

Crescimento deste ano será mais diversificado, com avanço econômico de vários setores, afirma José Roberto Colnaghi

Os bons resultados advindos do PIB relativo a 2023 podem não ser ainda a salvação da lavoura da economia nacional, mas deram novo ânimo para o início de 2024, pois superam em muito a expectativa do início do ano passado. O ano de 2023 fechou com crescimento de 2,9% do Produto Interno Bruto (PIB) de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sendo que a indústria total (transformação, construção e extrativista) avançou 1,6%.

As expectativas para o PIB em 2024 são de crescimento de 1,78%, segundo o Boletim Focus, que reúne projeções do mercado financeiro e é divulgado pelo Banco Central, e vem subindo paulatinamente. O Ministério da Fazenda estima um avanço de 2,2%. Para a produção industrial de 2024, a Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) projeta um aumento de 1,8%. “Embora as expectativas de crescimento sejam mais modestas que as do ano passado, será mais diversificado, atingindo uma maior variedade de segmentos econômicos, afirma José Roberto Colnaghi, presidente do Conselho Administrativo da Asperbras Brasil, conglomerado que atua em diversas áreas da indústria e do agronegócio.

O crescimento de 2023 foi impulsionado, principalmente, por setores como a agropecuária (15,1%), que se beneficiou de condições climáticas favoráveis e da alta dos preços internacionais de commodities, e a indústria extrativa mineral (4,3%), que também se beneficiou da alta dos preços internacionais de commodities, principalmente o petróleo.

No conjunto da indústria, a extrativa, que inclui a exploração de petróleo, gás natural e minérios, teve uma participação de 3,5% do PIB brasileiro em 2023. A participação da indústria extrativa na economia nacional vem crescendo nos últimos anos, o que pode ser explicado pelo aumento da produção e exportação de commodities, principalmente para a China.

A indústria de transformação, que inclui a produção de bens duráveis e não duráveis, por sua vez, caiu 1,3%. Esse segmento teve participação de 22,5% no PIB brasileiro em 2023. O crescimento do setor foi lento, de apenas 1,2%. O desempenho fraco da indústria de transformação pode estar relacionado a diversos fatores, como a desaceleração da economia global, a alta dos juros, a inadimplência dos consumidores e a perda de competitividade da indústria brasileira, segundo avaliação da Fiesp.

Por outro lado, a indústria da construção, que inclui obras civis e residenciais, teve uma participação de 7,2% no PIB brasileiro em 2023. O crescimento do setor foi moderado, de 2%. Seu desempenho foi impulsionado principalmente pela construção de obras civis, como rodovias, ferrovias e portos, e pela recuperação do mercado imobiliário.

 

REFORMAS ESTRUTURAIS

Para o empresário José Roberto Colnaghi, os números que emergem de 2023 apontam um caminho para o país. Ele passa pela reindustrialização, com ênfase na indústria de transformação e que deve se consolidar por meio de um ambiente favorável aos negócios, com juros baixos, segurança jurídica e responsabilidade fiscal. “O Brasil já experimentou outros caminhos, que não deram certo. É hora de colocar a casa em ordem e plantarmos desde já o crescimento sustentável”, afirma Colnaghi.

“Com a inflação sob controle será possível manter o poder de compra das famílias, o que estimula o consumo. Sem esquecer que uma eventual alta dos juros pode encarecer o crédito e prejudicar o investimento”, argumenta josé Roberto Colnaghi, que conhece a realidade da indústria de perto, por meio da GreenPlac – produtora de placas de madeira certificada do grupo Asperbras e que já recebeu cerca de R$ 1 bilhão em investimento.

José Roberto Colnaghi defende ainda os investimentos em infraestrutura, que podem dar gás ao crescimento da indústria da construção. A implantação de reformas estruturais, como a tributária e a administrativa, melhorando o ambiente de negócios, favorecem a entrada de investimentos. “Além disso, a recuperação da demanda interna, impulsionada pelo aumento do emprego e da renda, pode dinamizar o crescimento da indústria de transformação”, conclui.

 

NOTÍCIAS DA AVEP

4ª RODADA COM VITÓRIA DA EQUIPE DO CAPITÃO ELDON DO OFERTÃO E EMPATE
Domingo pela manhã, dia 24 do corrente mês de março, a Associação dos Veteranos de Esporte Praiano-AVEP, entidade de baba de praia quase centenária de Ilhéus, realizou sua 4ª rodada da mencionada modalidade esportiva da Temporada 2024, dando, no Campo Martial, vitória da equipe do Capitão Eldon do Ofertão sobre a do Capitão Marconi por 3 a 2 –gols de Pitganga(2) e Charles Reis(1) para a vencedora e, o próprio Cap. Marconi(1) e Daniel Murta(1) para a derrotada– e no Campo Grimaldo empate entre os quadros dos capitães Luís Humberto e Vitão pelo escore de 3 a 3 conferindo Rogério(2) e Zé Eduardo(1) para o primeiro e o próprio Cap. Vitão(1), Edgar(1) e Luís Humberto(1-Contra) para o segundo. A rodada esteve, como Diretor do Dia sob coordenação do vice-presidente avepiano Robertão e foi realizada, como de praxe, na praia da Avenida Soares Lopes, imediações dos campos de tênis da Associação Ilheense de Beach Tennis – AIBT. Em campo o comando esteve sob os árbitros Miranda (Campo Grimaldo) e Anderson (Campo Martial) com atuações boas, segundo os analistas avepianos de árbitros. Levaram Cartão Amarelo: Zé Nilton, Silva, Eldon do Ofertão, Sena e Luís Humberto.
Equipes no Campo Grimaldo conforme súmulas
(Cap. Luís Humberto): Goleiro Rosivaldo, Gilson do Taxi, Junior Murta(Cícero), Pitu e Danilo; Luís Humberto, Zugaib da Ceplac(Zé Eduardo) e Fabio Alan; Rogério e Duda Pantera.
X
(Cap. Vitão): Goleiro Ricardo do Caminhão, Prof. Jorge Reis, Claudio Luís, Cleiton e Sócrates; Gil, Gagarin e Edgar; Vitão e Sena :: LEIA MAIS »

DO FUNDO DO BAÚ DE JOSÉ LEITE.

1) 64 ANOS DE JOSÉ LEITE EM ILHÉUS.
2) FAMÍLIAS TRADICIONAIS DE ILHÉUS (PARTE 34).
3) ENCONTRO NACIONAL DE ESCOCISTAS.
4) AS FOTOS DESTAQUES DA SEMANA. :: LEIA MAIS »





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia