WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia


Janeiro 2012
D S T Q Q S S
« dez   fev »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  






:: 14/jan/2012 . 9:37

SOBRE DECISÃO DA SETRANS

De: JB DE ILHEUS
Assunto: SOBRE DECISÃO DA SETRANS

Corpo da mensagem:
ACHO CERTO QUE SEJA COBRADO SOBRE IRREGULARIDADES EM ESTACIONAR OS VEICULOS EM LUGAR IMPROPRIO. AGORA PQ NAO MULTAM TAMBEM OS CARROS DE CACHORRO QUENTE, O ESTANDE SOBRE CHOCOLATE, OS CARROS DE HAMBURGUER Q FICAM FIXOS, OU O DO KIBE DO NACIB, O DO CALDO DE CANA E O DAS TORTAS, SIM E AINDA TEM O CARRO DO CINEMA 3D. TODOS ESTAO EM VAGAS DE VEICULOS ROTATIVO. PODERIAM SER COLOCADOS NO GRAMADO COMO A FEIRINHA.E NAO ME DIGAM QUE É A LEI, PQ AQUI EM ILHEUS A LEI FUNCIONA DO JEITO QUE ALGUMS MEDIOCRES ACHAM QUE DEVE FUNCIONAR. DEVIAM É COLOCAR LAMPADAS NA AVENIDA, QUE ESTA TUDO ESCURO E PROCURAR FACILITAR O TRANSITO PRINCIPALMENTE COM AQUELE SINAL DO TERMINAL QUE CAUSA TODA A CONFUSÃO DO TRANSITO, ISSO VCS NÃO VEEM.


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

RECEITA DE DOMINGO: LASANHA DE COGUMELOS SHIITAKE E SHIMEJI


Método:

MOLHO VELOUTÉ

1. Numa panela média, refogar na manteiga em fogo bem baixo, uma cebola grande cortada em cubos pequenos;

2. Ao ficar bem transparente e amolecida, acrescentar o caldo de galinha ou carne e cobrir com 2 a 3 dedos de água na panela (500ml);

3. Deixar cozinhando como se fosse uma sopa de cebola por uns 10 min em fervura baixa;

4. Acrescentar maizena e água misturados em um copo, 2 colheres de sobremesa de maizena pra o dobro de água mexer e esperar espessar, transformando-o num molho chamado velouté;

5. Polvilhar com um pouco de pimenta preta do reino, desligar o fogo e reservar;

MOLHO BÉCHAMEL
Ver site: http://www.tastebook.com/recipes/1339839-Molho-Bechamel

MOLHO DE COGUMELOS FRESCOS

Nunca lave os cogumelos, pois irão absorver a água e perder a capacidade de absorção dos temperos durante o cozimento. Apenas limpe-os com um pincel ou papel toalha umedecido. Pode-se utilizar nesta receita os cogumelos desidratados, hidrate-os com água quente (não fervente) por 30min e então comece o processo abaixo, a partir do número 2 e ao em vez de tampar, acrescente um pouco da água utilizada para hidratá-los, cuidado com os resíduos decantados.
Caso não encontre um dos cogumelos da receita, pode-se substituir por cogumelo Paris.

1. Separar os floretes do shimeji e retirar os talos e cortar o shiitake em lâminas finas;

2. Numa panela média, em fogo baixo, acrescentar manteiga/azeite, cebola picada em cubos pequenos, alho picado se for do seu gosto;

3. Quando a cebola murchar (ficar transparente), acrescentar o shimejii, aumentar o fogo para chama média-alta, mexer e tampar para que solte água;

4. Após alguns minutos, acrescentar o shiitake em lâminas e mexer bem;
(a partir da adição do shiitake, o processo não deve demorar, para que a textura não se transforme, deve ficar bem amolecido e não como um papelão!);

5. Acrescentar um cálice de vinho branco ou tinto seco, sakê, vodka, conhaque ou cachaça e mexer até que o álcool evapore e fique apenas o aroma e sabor;

6. Acrescentar em seguida o shoyo e aji-no-moto à gosto (duas a três colheres de sopa de shoyo e uma colher rasa de aji-no-moto), cebolinha cortada, mexa bem e desligue o fogo, reserve;


COZINHE A MASSA DA LASANHA E MONTE-A

1. Cozinhe a massa em água fervente e com um pouco de sal ou use uma massa pré-cozida.
2. Começar a montar a lasanha colocando o molho branco béchamel no fundo do refratário de vidro ou asadeira de alumínio;
3. Acrescentar a massa;
4. Colocar o queijo muçarela;
5. Acrescentar o molho de cebola;
6. Acrescentar o molho com cogumelos e repetir a sequência, alternando os molhos.
7. No final, coloque a última camada de massa, molho branco e polvilhe parmesão (ou a própria muçarela) à gosto para gratinar, se preferir.
8. Cozinhar a lasanha com forno em temperatura média 210-240°C, por aproximadamente 40 minutos.


Fonte da matéria: Aline Fidelman.

Até lá! Au revoir!

Aline Fidelman

35 anos, Ilhéus-Ba.
Gastrônoma diplomada pela Universidade Anhembi Morumbi – São Paulo
Especializada em docência pela Leiths School of Food & Wine – Londres
Perfil Profissional: 3 anos de experiência de em Buffet e Catering e 6 meses como assistente de chef de cozinha, área de Garde Manger, na empresa KUDOS Hospitality, Londres.

Contato: fidelman.a@gmail.com





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia