WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia embasa


novembro 2010
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  








Caixas Eletrônicos Pontal

De: Melck Rabelo
Assunto: Caixas Eletrônicos Pontal

Corpo da mensagem:

Senhor,
Redator
Roberto Rabat Chame

Estamos chegando o verão quando a cidade aumenta o número de visitantes e o que vemos é pouco caso dos bancos com seus clientes.A casa Lotérica do Pontal fechou as portas transferiu para a Av. Itabuna, restou como opção o caixa eletrônico do Banco do Brasil localizado no aeroporto Jorge Amado, que também foi desativado deixando a polulação com os pés e mão amarradas.Para fazer qualquer pagamento ou sacar dinheiro os clientes tem que deslocar até o Posto do Pontal ou Casa Lotérica no Nelson Costa.E os passageiros desavisados que estão em trânsito no aeroporto Jorge Amado, se precisar de fazer algum saque de emergência vão deslocar ao centro administrativo, ou ao Bairro Nelson Costa.Espanta turistas do aeroporto que já presta um pessímo serviços de embarque e desembarque de passageiros, um calor insuportável no saguão do aeroporto, ar condicionado desligado.Até quando vai pendurar o descaso com clientes do Banco do Brasil, pagamos altas taxa de manutenção de conta e não temos serviço prestado pelo que pagamos.Fica difícil para o turista ser jogado para lá e para acolá para fazer uma simples transação bancária.Quem perde a cidade o comércio, os prestadores de serviço e vai lá o nome de Ilhéus ser divulgado pelos turistas que a cidade não tem caixas eletrônicos BB, vão a agência enfrentar longas filas de espera para sacar dinheiro ou pagar contas.
Esperamos que as autoridades constituidas tenham o bom senso e exija que o Banco do Brasil coloque caixas eletrônicos no aeroporto, padarias ou seja lá onde for.Do jeito que esta é que não pode ficar.
Kalif Rabelo


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

9 respostas para “Caixas Eletrônicos Pontal”

  • José Rezende Mendonça says:

    Prezado Rabelo

    Seu clamor veio em boa hora.

    No domingo ao dirigir-me ao aeroporto é que fiquei sabendo do ocorrido. Cheguei inclusive a conversar com um funcionário da INFRAERO, que preferiu não se identificar, mas adiantou-me que o contrato entre o Banco do Brasil e a INFRAERO tinha vencido, por isso os equipamentos(caixas eletrônicos) teriam que desocupar a área em 48 horas.

    A empresa privada que faz o serviço, levou um dos caixas de auto-atendimento e deixando o outro por motivo de falta de uma chave para destravar o equipamento. Deixando lá apenas um aviso que o mesmo estava com defeito.

    Me disse ainda, que a firma teria cobrado algo em torno de 4.000 reais para levar o equipamento, pra onde não sei.

    Perguntei porque o Banco do Brasil não renovou o contrato com a Infraero, e este me respondeu apenas que são coisas do serviço público.

    Pelo que vemos, Pontal é mais uma vez jogado as traças, como também todo público, passageiros, e os próprios funcionários do aeroporto que se serviam destes equipamentos.

    Já está na hora do banco do Brasil prestar esclarecimentos a sociedade sobre tais absurdos, pois senão muitas dúvidas vão pairar no ar.

    Rezende

  • O espaço do caixa eletrônico.. says:

    Caro,
    Rezende

    O espaço que ficou o caixa eletrônico que estava desativado a algum tempo também já esta tomado por cadeiras.Não tem mais caixa no local, também argui a funcionária da Infraero sôbre o destino dos caixas, ela me disse que foi retirado pelo banco e que não sabe dizer se eles voltam a funcionar no aeroporto.Conversando com alguns funcionários que trabalham dentro do aeroporto me diseram que o espaço dos dois caixa já tinha sido alugado a outro interessado, mas não souberam mais detalhes para informar.
    Rabelo

  • Paulo says:

    O Banco do Brasil…….deve se apresentar e falar o que está ocorrendo: é um boicote contra turismo, sociedade ou governo municipal? lembro que o Banco do Brasil ja teve agencia no Pontal e fechou… agora resolveu fechar caixas eletronicos…. algo muito misterioso ronda a diretoria ou gerencia desse Banco do Brasil ……e o povo não pode ficar a merce dos lucros desse grande banco….que diz ainda ser banco do povo…… meus pesames por tanta burocracia e negligência que ainda temos em algumas empresas brasileira.

  • eduardo carvalho says:

    Kalif.

    Meus parabéns pelo assunto abordado. Mas não vamos só imputar a culpa no Banco do Brasil, vamos estender também as demais instituições financeiras, que não cumpre com seu papel, só visa lucro. E mais ainda as Associações de classe Atil, CDL, ACI e Clube de Serviços pela inércia destas entidades.

    Sabemos que o Governo Federal tem incentivado a criação de cooperativa que funciona como banco e em varias cidades essas Instituições estão presentes e presta todos os serviços que um Banco faz, chama-se de SICOOB. Veja o link abaixo que fala sobre o Sicoob:

    http://www.sicoob.com.br/site/sistema_sicoob.load

    Em Ilhéus existe um Banco que faz parte do SICOOB que a Coop. Credito da Unimed, infelizmente ela só atende os Cooperados Medico, também a Coopec, no CEPEC que só atende os funcionários da CEPLAC, mas em Itabuna existe a Coopercredito que atende os agricultores e pecuaristas e outros segmentos, funcionando com todos os serviços bancários: c/correntes, cartões créditos, empréstimos, cobrança, caixa eletrônico, etc. Porque não criarmos nosso Cooperativa de Credito também? Não é difícil não!
    Basta criarmos uma Cooperativa de um determinado segmento, tem que ser abrangente, com no mínimo 30 associados e um capital de R$ 30.000,00, com prazo determinado a ser integralizado em um determinado período e ai resolveríamos nosso problema e com certeza logo as instituições financeiras comerciais iriam tentar boicotar/dificultar a iniciativa.

    Lanço a idéia para ACI e CDL. Em nossa cidade existe ex-bancarios aposentados que gostariam e muito em poder votar à ativa e como disse o Governo Federal, através do SICOOB, incentiva e presta assessoria para criação de Cooperativas de Créditos, disponibilizando recursos para tal fim.

    Eduardo Carvalho – Siri

  • eduardo carvalho says:

    por favor corrija:

    “poder votar à ativa” leia-se “poder voltar à ativa”.

  • Cooperativismo Um Bem Coletivo says:

    Caro,
    Eduardo Carvalho

    Muito bem expressado seu comentários sobre cooperativas,nosso amigo Carlos Mascarenha é profundo conhecedor do assunto e entusiasta do cooperativismo poderia nos ajudar com seus conhecimentos e contribuição.
    Dando uma olhada em revista velhas que mantenho em casa, que a mulher chama de lixo encontrei a história do cooperativismo.

    Cooperativismo Um Bem Coletivo:
    Em toda a história da humanidade, desde a pré-história, a ajuda mútua entre pessoas, comunidades e povos, sempre foi a alavanca de grande realizações.
    A sistematização dessa forma de solidariedade em um modelo social ocorreu em 1844, com a fundação da “Cooperativa dos Probos Pioneiros de Rochdale”, em Manchester, Inglaterra.
    Depois de 155 anos, o cooperativismo adquiriu solidez como instrumento de reorganização asocial, reunindo pessoas , estimulando o trabalho conjunto, regregando forças disperças e convivendo pacificamente com todos os regimes políticos, crenças religiosas e diferenças raciais.A igualdade de tratamento e de oportunidades é direito de todos.

    Problemas comuns são mais fáceis de resolver num processo cooperativo de mãos dadas.
    Dentro desse contexto dos valores de ajuda mútua, responsabilidade, democracia, solidariedade e equidade, tem sido as cooperativas de fundamental revelância para seus cooperados e a sociedade em geral, através da prestação de serviços, como recebimento de boletos bancários, contas de luz, água, telefone etc., sem contar com inúmeros empregos diretos e indiretos.

    Também em termos de depositos, aplicações, financiamentos e desconto de cheques, as cooperativas vem cumprindo fielmente com seus compromissos, pois as cooperativas existe para servir ao cooperado, desempenhando este altamente positivo e com destaque ainda de baixo indíce de devolução de cheques sem provisão de fundos.

    As cooperativas sempre garantiu as melhores opções para os cooperados, tanto para empréstimos pessoais, quanto para as aplicações financeiras e, ao longo do tempo, vêm sendo agregadas muitas outras vantagens, cujo objetivo é considerar e atender às necessidades pessoais de cada cooperado.
    Precisamos cooperar entre nós para competir-mos.
    Fonte pesquisa: Revista Cláudio em Destaque. Ano V -Agosto de 2001

    A cidade de Cláudio, situa no oeste mineiro é o maior centro industrial de fundições da America Latina.

    Kalif Rabelo

  • ILHEENSE NÃO TEM ESPÍRITO COOPERATIVISTA says:

    Exemplo claro e evidente?!?
    Esqueceram que acabaram com o SISTEMA COPERCACAU?
    E não foi a vassoura de bruxa não!
    Foram os próprios associados que não administraram
    o SISTEMA devidamente com espirito cooperativista.
    O espírito era individualista.
    Falência múltipla em todos os órgãos… Para uns, é claro!

    • Por que funciona tao bem na Coopec, Unicred, em Itamaraju, Eunapolis e outras mais? Agora existe sim falha no sistema que podem ser corrigidas, principalmente por parte do SICOOB e Banco Central na fiscalização e principalmente no Conselho Fiscal, que sao escolhidos pelos Cooperados e facilmente sao corrompidos. Agora aqui em nossa regiao tivemos Cooperativas de Credito em Ilheus, Itabuna, Itapetinga que tiveram suas atividades encerradas por administração fraudulentas e ate hoje nao vi nenhum dos administradores na cadeia.

  • TODOS SAIRAM RICOS says:

    Os administradores do SISTEMA COPERCACAU entravam com uma mão na frente e outra atrás…Eu disse: QUANDO ENTRAVAM!
    O resto todo mundo sabe!
    Qual o prefeito em Ilhéus que entrou rico e saiu pobre? O mesmo aconteceu com o Cooperativismo na Região e F A L I U.
    Prisão só para ladrão de galinhas e aviõezinhos!!!
    Quer mais?
    Depois nós conta (rs)

Deixe seu comentário





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia