WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia


novembro 2010
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  








MOTO-TAXI-MOTO-BOY

Na cidade de Ilhéus e demais municípios da região, verifica-se que a cada dia aumenta significativamente o número de moto-táxi e moto-boy, circulando na cidade e o poder público faz vista grossa em não coibir, regulamentar, ou fiscalizar tal procedimento. Tanto o moto-taxi como o moto-boy, é uma atividade ilegal perante a lei em Ilhéus, a partir do momento em que o município não a regulamenta(lei nº 12.009/09). Assim, é crescente o número de motocicletas transitando em nossas cidades e em conseqüência disso, diversos acidentes acontecem e continuarão acontecendo a cada momento, em decorrência do aumento desses quantitativos, gerando alto índice de imprudências, que são vistos diuturnamente no nosso trânsito. Entretanto, não há como esperar que esse tipo de veículo possa atender os requisitos de segurança exigidos para um transporte remunerado de passageiros, valores, documentos etc. Trata-se, portanto, de uma atividade que está sendo exercida a margem da lei, apesar de que, a questão tem sido tratada equivocadamente de acordo com um viés sociológico, por aqueles que pretendem ver regularizada a atividade, e utilizam basicamente de três argumentos.

O primeiro consiste no fato de que os moto-taxistas e os moto-boys, são pessoas que apenas pretendem trabalhar.

O segundo consiste na existência da atividade mesmo clandestina em outras cidades.

O terceiro consiste no fato de que a regulamentação dessa atividade facilitaria o controle e fiscalização.

Esse viés, contudo, é equivocado, faz-se essa afirmação porque nem tudo aquilo que pode ser considerado sociológico ou economicamente como trabalho é permitido pelo direito de exercê-lo sem a existência da lei. Há certas atividades que são vedadas pela legislação ou dependem de um tipo de autorização especial para o seu exercício é o caso de Ilhéus, que não regulamentou a atividade em lei.

As exigências nada têm de arbitrárias, destinam-se a garantir o interesse e a proteção dos seus passageiros e ou contratados, além da concorrência no trânsito, com os demais veículos que circulam nas cidades. Transportar pessoas, documentos, valores etc., não é uma atividade como qualquer outra, há uma grande responsabilidade por ocasião da execução desses tipos de serviços, pois aquele que transporta é responsável pela vida dos passageiros transportados, dos valores, docs, etc. e também pela integridade daqueles que transitam nas vias públicas. Por essa razão, a legislação em vigor, faz uma série de exigências para aqueles que realizam o transporte de passageiros também e há quesitos atinentes à aparência dos veículos e segurança que devem ser observados.

Está explicito na lei nº 12.009/09 que regulamenta o serviço de moto-táxi e moto-boy e que alterou a Lei no 9.503, de 23 de setembro de 1997, onde estabelece a idade mínima de 21 anos para o exercício dessas profissões, além da exigência de habilitação por no mínimo dois anos na categoria de motos. Vale lembrar que o motociclista somente ficará habilitado para exercer as profissões de moto-boy, moto-taxista e moto-frete depois de aprovados em curso do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN). Portanto, cabe agora a Câmara Municipal regulamentar esta atividade em Ilhéus. Diante disso, causa uma espécie a displicência com que as autoridades públicas têm tratado esta questão em vários municípios do nosso estado. Onde pontos de moto táxi são vistos e crescendo por toda a cidade, eles se localizam nos mais diversos locais, principalmente perto de pontos de táxi e terminais de ônibus, mostrando a concorrência desleal com os meios de transporte legais e regulares.

Os acidentes com motocicletas nessa atividade,aumentam conforme demonstram as estatísticas. É necessária, portanto, uma postura firme por parte das autoridades competentes, porque se a atividade é ilícita em Ilhéus e nos demais municípios, deve ser combatida,principalmente porque a maioria deles,com raras exceções,são imprudentes no trânsito e não respeitam pedestres,sinalizações,semáforos etc. nem automóveis.Sugerimos ao poder público municipal,uma postura séria de fiscalização,educação ou punição dentro da lei visando coibir essa crescente e desordenada atividade de moto taxis e motoboys e não apenas se preocupar somente com instalação de “captores de receita municipal” a tal industria das multas .Ratifico meu relato e coloco para a população da minha cidade;essa é a postura que deve ser adotada pelos poderes constituídos: “cumprir a lei”. Ao assim agir, não estarão fazendo um mal ou um bem a quem quer que seja, estarão apenas exercendo o seu dever.

Ilhéus,BA 18 novembro de 2009.

Fragnaldo de Souza

2 respostas para “MOTO-TAXI-MOTO-BOY”

  • Corrêa says:

    Concordo com voce, principalmente no ítem Moto-Taxi, onde pessoas são transportadas nas cidades do interior sem a mínima garantia de segurança. Excedem velocidade, ultrapassam sinais de transito, danificam os veículos quando impacientemente querem ultrapassar pela direita em corredores de veículos, e pior que tudo, muitos são pessoas suspeitas escondidas nos capacetes (lógico que não são todos).
    O que ocorre, é que as prefeituras não estimulam e nem organizam o transporte coletivo em suas cidades, sejam ônibus, Vans ou taxis.
    Os ônibus, tem que haver uma licitação para escolha da empresa.
    As Vans tem que se organizar em cooperativa, para prestar um serviço bom e seguro à população.
    Os táxis por sua vez, deveriam implantar aparelhos taximetros aferidos e com bandeirada definida. O que se vê são veículos rodando, quase sempre velhos, querendo cobrar corridas fixas absurdas.
    Se houver interesse dos poderes públicos, fica fácil organizar o transporte público municipal.

  • Olá, quero saber telefones das agencias de motoboy de ilhéus, pois tenho moto e ja trabalho ha varios anos na profissão so que em são paulo capital,e quero volta para minha cidade de Ilhéus/ f. 11- 3445-7733/ cel 96020-1294/ com. 11- 4508-9597/ agradeço quem responde este anuncio.. há= e- mail/ jlisboa7c@hotmail.com

Deixe seu comentário





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia