Fotos: Radar Notícias

Uma tragédia envolvendo um ônibus da empresa Transporte Central do Brasil matou oito pessoas no local e deixou ao menos 40 feridas na noite deste sábado (4), por volta das 23 horas. O acidente aconteceu na altura do km 412, no distrito de Itamarati, município de Ibirapitanga, na BR 101.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os sacoleiros haviam saído de Itabuna e tinham como destino a cidade Caruaru, em Pernambuco.

A causa do desastre provavelmente ocorreu quando uma carreta entrou na pista do motorista do ônibus, identificado até o momento apenas como Jaime. Ao tentar desviar, o veículo terminou caindo numa ribanceira de aproximadamente 150 metros.

No local, a nossa reportagem encontrou apenas marcas da tragédia, como pedaços de vidros para todos os lados, janelas do ônibus lançadas junto aos corpos de sete mulheres e do motorista que morreram na hora.

Ao menos 12 ambulâncias da região foram acionadas para socorrerem os sobreviventes que foram levados para os Hospitais de Gandu, Ubaitaba e Itabuna.

Coragem

A Polícia Militar de Ibirapitanga informou que uma senhora de 80 anos, lançada por uma das janelas do ônibus saiu ilesa e, ao receber a atenção dos PMs, surpreendeu a todos: “Ajude primeiros eles, estão bem piores do que eu”.

Segundo familiares de um sacoleira, a Ana Sirlei Nazaré, de 32 anos, moradora de Itajuípe, ela comprava roupas há 1 ano em Caruaru para revender, mas lamentam a viagem de última hora. “Ela nem sabia dessa viagem, foi tudo muito rápido, ainda pedimos para ela não ir”, informaram.

Os corpos foram recolhidos pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus e encaminhados para Itabuna, onde serão necropsiados.

Atualizada às 12h10min

De acordo com informações do Departamento de Polícia Técnica de Itabuna, dos corpos que chegaram à unidade para serem submetidos a necropsia, quatro já foram identificados. São eles: Ana Sirlei de Oliveira, de 31 anos; Jaime de Jesus, de 53 anos; Sônia Pereira Mendes, de 38 anos; e Everaldina Cruz de Jesus, sem idade revelada. Outros corpos, apesar de reconhecidos por familiares no Departamento de Polícia Técnica, os nomes ainda não foram divulgados pelo DPT. No decorrer do dia, o restante da lista dos mortos.


Enviada por Cláudio Mélo
Matéria completa no RADAR NOTÍCIAS