Ainda ontem, a Justiça determinou a prorrogação das prisões, por mais 30 dias, de Jarbas Cristiano Chaves de Souza e Adriano Silva Nunes, capturados no início das investigações

Crédito: Reprodução

Crédito: Reprodução

Na véspera de completar um mês das trágicas mortes das adolescentes Gabriela Alves Nunes, 13 anos, e Janaína Cristina Brito Conceição, 16, decapitadas em 19 de novembro, no IAPI, a Justiça determinou, ontem, a prisão de Danilo Rocha de Carvalho, 18 anos, o Cacaroto, um dos sete envolvidos no crime. Ele está foragido.

Ainda ontem, a Justiça determinou a prorrogação das prisões, por mais 30 dias, de Jarbas Cristiano Chaves de Souza e Adriano Silva Nunes, capturados no início das investigações. A decisão foi tomada devido à complexidade do caso. Ainda não foram localizados os traficantes Alex dos Santos Silva, 21, o Lequinho, Risovaldo Hora Costa, 20 anos, o Riso, além do motorista do Fiat Punto usado para transportar os corpos até a avenida San Martin. Já o traficante Vítor Santos de Almeida, o Branco, foi morto em operação recente da polícia na Ilha de Itaparica.

Redação CORREIO DA BAHIA