Diversos pescadores baianos poderão navegar pelo litoral e rios do estado com mais segurança e melhor produtividade a partir do natal. Os profissionais estão participando de um curso de Mecânica de Motores Marítimos, que irá ajudá-los a resolver problemas antes das viagens ou mesmo emergências em alto mar. As aulas são fruto de um convênio entre o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e a Bahia Pesca. “Esta é apenas a primeira turma, com 16 alunos. As aulas começaram na segunda-feira (6/12) e vão até o dia 23. Em seguida abriremos vagas para outros pescadores”, afirma o presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli, que participou da aula inaugural. A carga horária do curso é de 100h.

O conhecimento adquirido servirá em diversas oportunidades. Além de dar mais segurança, permitir que os barcos passem mais tempo no mar e melhorar a auto-estima dos pescadores, o aprendizado também proporcionará mais economia às comunidades pesqueiras. “Lá em Bananeiras (na Ilha de Maré) não tem nenhum mecânico, então quando um motor quebra a gente fica sem poder sair pra pescar, e ainda tem de pagar alguém pra resolver. Agora eu mesmo vou colocar a mão na massa”, comemora o pescador Paulo Sérgio, 25 anos, aluno do curso. Além dele, a turma tem pescadores de Santa Cruz de Cabrália, Canavieiras, Prado, Cumuruxatiba, Remanso e Sobradinho.

Entre os temas das aulas estão os princípios de funcionamento dos motores, componentes do sistema, gases de escape, dentre outros.