Tem situações que deixam a gente “aguniada”.
Eliminei a filmagem frontal que mostrava toda a indignação, revolta, descontentamento dessa senhora que está na cadeira. A outra, suando e cansada, cumpriu bem o seu papel na condução da cadeira. A calçada não permite que a cadeira rode normalmente porque de palmo em palmo é um tombo e com risco da cadeira virar. A opção, perigosa, é a de ir para o asfalto dividir a pista com os carros, correr todos os riscos e contar com a atenção/cuidado dos motoristas.
Rapaz, minha língua tá coçando, mas hoje é dia de Nossa Senhora Aparecida e ELA pode ficar de tromba pro meu lado se eu dedilhar meu rosário de palavrões.


Queridas e amadas AUTORIDADES,
Sintam-se, solenemente, xingadas …