O nível de adimplência é um dos melhores da Bahia: em cada 100 empréstimos liberados, 91 são pagos rigorosamente em dia

Clique para AMPLIAR.

Os empreendedores de Ilhéus tiveram acesso a mais de R$ 500 mil em 2011 para estimular a geração de ocupação e renda. A concessão de crédito ágil e desburocratizado foi realizada pela Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia), através do Programa de Microcrédito do Estado da Bahia (CrediBahia). A meta foi alcançada por intermédio do balcão de negócio que funciona no posto de Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC), no município. Ao longo do ano, o posto formalizou 80 novos contratos, renovou mais 161 e renegociou 14 contratos de clientes que apresentavam inadimplência com a instituição, totalizando R$ 506 mil reais em movimentação financeira.

Ilhéus apresenta um dos melhores índices de adimplência do estado: em cada 100 empréstimos liberados, 91 são pagos rigorosamente em dia. Desde que foi implantado no município, em 2009, o posto da Desenbahia já conseguiu ampliar em 19% o montante de recursos disponibilizados. O desempenho positivo é também reflexo de um trabalho mais amplo. Em parceria com o Ponto de Atendimento do Sebrae em Ilhéus, a instituição ensina a gerir o dinheiro emprestado para garantir a sustentabilidade dos negócios a longo prazo e manter a capacidade de pagamento das parcelas do crédito. A entidade também integra o Comitê de Crédito que avalia o histórico financeiro dos beneficiados e acompanha a solidez na aplicação dos recursos recebidos a juros mais baixos. O CrediBahia trabalha com um teto máximo de 10 mil reais em empréstimos: começa emprestando mil reais e vai ampliando de acordo com o sucesso da parceria firmada com o empreendedor.

A empreendedora Maria Oliveira da Costa é uma das clientes do programa e um exemplo de como é aplicar corretamente o recurso recebido. Ela possui um depósito de produtos recicláveis. Ao colocar uma ideia em prática, a dona de casa tornou-se uma microempreendedora e, este ano, alcançou o limite máximo de empréstimo. No início, sem muitos recursos para investir no negócio, ela conseguia comprar de catadores que chegavam à sua porta apenas 100 quilos de cobre, alumínio, latas de cerveja, refrigerantes e garrafas PET. Hoje, já ampliou a produção para três mil quilos e, além de faturar com o seu negócio, ainda garante a sobrevivência de dez famílias de catadores. Casada e mãe de três filhos, Maria Oliveira comemora a independência. “Hoje tenho o meu próprio dinheiro. Fui eu mesma quem pagou a reforma da minha casa”, conta orgulhosa.

A dona de uma empresa de decoração de eventos, Maria da Conceição Lambert de Carvalho, também conseguiu recursos do programa. A nova meta alcançada é comemorada: ela acaba de receber sete mil reais do CrediBahia. “O recurso ajuda muito. Com o dinheiro na mão, posso comprar à vista e com isso fazer um negócio que me garante uma margem de lucro maior”, afirma.

Crédito – Para ter acesso ao programa é necessário que o cliente compareça à sede do CrediBahia, que funciona das 8h às 17h, no Posto do SAC, centro de Ilhéus. O interessado deve estar munido dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e documento que comprove que o cliente não possui nome no SPC e Serasa. O programa tem, basicamente, como público-alvo, empreendedores que já desenvolvam atividades nas áreas de produção, comércio ou prestação de serviços. Porém, o diretor do SAC de Ilhéus, Jamil Ocké, ressalta que pessoas com perfil empreendedor e que desejam ingressar no mercado também podem ter acesso ao capital de giro. Os valores variam de R$ 600 até R$ 10 mil e podem ser concedidos de modo individual e em grupo solidário.

Mais informações sobre o Credibahia podem ser obtidas por meio do telefone (73) 3634-1457.