25/jan/2012 . 16:10 | Autor: Seu Pimenta

Fontes da polícia afirmam que a ordem para matar o traficante Marival da Silva Júnior, o Babalu, hoje, no presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, partiu do conjunto penal da cidade vizinha, Itabuna. No presídio itabunense, internos não encontram dificuldades para circular com telefones celulares.

Babalu comandava o tráfico na região do Fonseca, bairro dos mais pobres de Itabuna. O bandido era temido e foi preso diversas vezes, acusado de tráfico e homicídios. Ele foi espancado até a morte durante um banho de sol no presídio ilheense hoje pela manhã. Babalu estava no Ariston Cardoso desde o último final de semana, após ser preso em Serra Grande, balneário de Uruçuca.

Logo após a notícia da morte do traficante, as polícias civil e militar realizaram uma grande operação no Morro do Macaco, situado no Fonseca. Durante a operação, foram presas mais de 20 pessoas. Parte delas já foi ouvida.