WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia embasa


dezembro 2012
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  








PSICOMUNDO – PASSEIO NA MAJESTOSA CIDADE DE ILHÉUS

Diante de tantas desordens que o mundo passa a nossa cidade está numa lamentável situação caótica. Tem muitas coisas e nada funciona na sua intensidade de benefícios que tragam progresso e dinamismo! E procuramos quais as causas ou causadores dessas incessantes maleficências, quem ou quais foram os autores intelectuais de tudo isso que estamos verificando quando provocamos um passeio por nossa cidade, afinal quem é ou quais são?
Incrivelmente nada nos faz ficar satisfeito, exceto o desejo de vê-la novamente na sua qualidade exuberante, lembrando os tempos bons que tememos que não volte mais! E essa imaginação que nos invade o sentimentos de preocupação não recai sobre o poder financeiro dessa Terra. Recai sobre a forma pela qual muitos políticos tratam o erário público de município! Não há dinheiro que dê para tantos descasos das péssimas gestões que ultimamente foram instaladas em nosso município. Ilhéus precisa urgentemente de especialistas em descobrir minas de ouro para abastecer as vontades de quem gosta de ganhar tudo na facilidade, e ficar rico misteriosamente.
A cidade de Ilhéus está quebrada em todas as suas extremidades e só Deus poderá trazer de volta os mais puros desejos da nossa população de ver novamente o seu progresso. Quem vive nessa cidade e gosta dela, com certeza não entende como acontece tanto maltrato e as autoridades precisam fiscalizar, e infelizmente não nos dão uma resposta, obrigando aos desastrados administradores a usarem a pratica do bem em benefícios de sua população! Existe tanta frieza de muita gente no desconhecimento de levar a sério uma cidade tão querida por inúmeros turistas que nos visitam e que saem daqui tristes por não acreditar em ver Ilhéus estado de decomposição.

São tantas as decomposições descritas por nossos visitantes como, por exemplo, falta de tratos com saneamento básico, é lixo por todo lado, até na porta da prefeitura, mostrando um estado profundamente lamentável. Meios de transportes sem presteza e conforto. Escolas em estados precários e os estudantes perdendo o brio para estudar e mudar sua modalidade de compreensão das coisas da vida e do mundo em que vivem.
Poucos hospitais estão plenamente em condições normais de atender à população da cidade e seus bairros, do interior e visitante. Os profissionais que cuidam da saúde humana demonstram, num esforço humanamente impossível procuram atender a todos dentro dos padrões previstos pela consequência natural do mais relevante dos direitos humanos, que é o direito à vida, situando-se em plano de igual importância o direito à saúde, nos seus aspectos individual e social. A extensa e firme normatização constitucional e infraconstitucional sobre o direito à saúde, sua proteção e garantias, exige efetiva execução com instrumentos hábeis ao alcance dos seus fins.
Podemos afirmar que quanto ao quadro que todos os dias surgem decretando de formar insana e inconsequente a falência da saúde em nosso País, nos faz crer que a Constituição Federal de l988, que afirma que a saúde é um direito fundamental, deixa de ser cumprida! Tudo isso porque estamos vendo hospitais, maternidades e casas de saúde fechando por falta de condições econômicas e sociais. Faltam recursos e vemos os clamores e discursos dos fartos mandatários apenas falando que o Brasil vai muito bem!
Temos notícias sobre o que rege a Constituição Federal e são claras as suas determinações: “Assegurar-se direito à vida de uma pessoa, propiciando-lhe medicação específica que lhe alivie até mesmo sofrimentos e a dor de uma moléstia ou enfermidade irreversível não é antecipar a tutela jurisdicional através de medida cautelar, mas garantir-lhe o direito de sobrevivência”. Verificar as distribuições de remédios: ”Fornecimento gratuito de medicamentos necessários ao tratamento de pessoas portadoras do Vírus da Imuno-deficiência Adquirida (AIDS) – Legitimidade passiva do estado a teor do art. 198 da Constituição Federal”. Então não se trata de favorecimento ao povo, é uma obrigação do Governo exercer o exercício da soberania nacional em proteger os brasileiros.

Precisamos ficar atentos aos ditames das leis, exercitar a busca do estado de fato e de direito, lembrar o nosso Rui Barbosa, que deixou escrito: “QUEM NÃO LUTA PELOS SEUS DIREITOS, NÃO É DIGNO DELES”. PENSEM NISSO!!!

Eduardo Afonso – Ilhéus-Bahia

1 resposta para “PSICOMUNDO – PASSEIO NA MAJESTOSA CIDADE DE ILHÉUS”

  • Vivaldo says:

    O seu comentário merece reflexão.
    Veja no que dá um Valderico e um Newton Lima.
    Quem os colocou na Prefeitura?
    Os eleitores, sob a complacência de muitos arautos da boquinha e outras
    coisitas.
    Mea culpa é um bom início para outras reflexões.

Deixe seu comentário





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia