Pediram-nos para agradecer a um grande homem por sua colaboração na formação da sociedade AFC-Ilhéus, nesse momento em que ele declara se afastar do ideal ativista para se dedicar aos seus propósitos pessoais, com o intuito de transformar merecidamente sua jornada em algo sereno como a suavidade das flores e a liberdade dos pássaros.

José Rezende Mendonça (Foto ATEFFA)

Mas o que devemos falar de José Rezende Mendonça, um ser de natureza simples e pacifica, com ideais sociológicos nobres, dignos de enquadra-lo no grupo dos grandes homens que dedicaram a vida para semear a paz, usando tão somente a razão para apaziguar os conflitos, se seus atos e caráter transcendem a vontade de transformar as duvidas em certezas, polêmicas em algo necessário para o avanço do conhecimento, principalmente nas questões legais do nosso estatuto e regimento interno que regulam a convivência harmônica dos membros de nossa associação. E, também, é movido pela paixão que corre em suas veias quando fala do seu aprazível Pontal de Ilhéus.

Esse é o Rezende, servidor público, ceplaqueano que trabalhou duramente por muitos anos, cuidou da família, aposentou-se dignamente e seguiu em frente com seus desígnios de defender sua terra, seu Pontal dos tempos das ruas de areia, casas simples de pescadores, circundado pelas belas praias da frente que desapareceram por causa da ação do homem. Esse é o Pontal eternizado por seus artigos e sua obra literária “Pontal Ontem e Hoje”.

Rezende, em nome da Diretoria Executiva, nossos sinceros agradecimentos por tudo que você fez até hoje pela nossa associação, por Ilhéus, pelo Pontal e pelos seus amigos associados da AFC – Ilhéus, STAC, ATEFFA e Associação dos Aposentados da Ceplac.

Feliz Natal e um Próspero Ano Novo repleto de realizações, com saúde, paz e felicidade.

Eduardo Luiz Fernandes
Presidente


No site da AFC-ILHÉUS