O novo prefeito está muito preocupado com o quadro de pessoal da prefeitura, tipo gente demais, gente que recebe e nunca aparece, gente de outras cidades, gente, gente, gente…

Passando o olho no salão do fórum, onde o mesmo recebeu o título oficial de prefeito eleito de Ilhéus, cara, vi tanta gente que está se preparando para entrar na prefeitura, que eu não sei como o alcaide vai conseguir no meio de tantas dificuldades financeiras acomodar a turma que lhe ajudou a subir e descer dos morros.

Tem inclusive figuras carimbadas que vivem apenas aguardando este momento, alguns levaram oito anos esperando uma vaga, uma nova oportunidade de servir à pátria, melhor dizendo, à cidade de Ilhéus.

Não tem jeito, entra prefeito, sai prefeito, e as novas nomeações saem de qualquer maneira.

É a turma que ajudou na campanha, os empresários que assinaram a lista do dimdim, os amigos de longas datas, a parte dos partidos coligados, as indicações dos vereadores, as indicações dos secretários, enfim, no final das contas o time cresce 600/700/800 vezes.

E quem vai pagar tudo isso? qual a certeza que a turma vai realmente trabalhar?
Para resolver esta situação só a implantação de concurso público, preparado por empresa idônea, daí resultando em oportunidades para todos e todas, sem compromisso de agradar aos pedintes.

Mas política é assim e sempre será, tipo meu pirão primeiro.

Que ninguém se engane, em primeiro lugar vem sempre os interesses particulares e políticos e em ÚLTIMO LUGAR a cidade e seu povo.

Mas no frigir dos ovos e sem poder impedir estas coisas, espero que alguma coisa nova aconteça e a nossa sofrida cidade saia do atoleiro político/administrativo/ético.

ZÉCARLOS JUNIOR