Delegada Rita de Cássia Oliveira e Paulo Ganem, pres. da CDL de Ilhéus (480x640)

Delegada Rita de Cássia Oliveira e Paulo Ganem, pres. da CDL de Ilhéus (480×640)

Preocupada com o aumento no número de ocorrências de furtos e assaltos registrados no comércio da cidade, sobretudo na região central, a diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ilhéus realizou na tarde desta quinta-feira (12.12), na sede da entidade, uma reunião para discutir a segurança pública. “Roubos de carros, assaltos a mão armada a consumidores e lojistas, arrombamentos de lojas estão se tornando comuns a qualquer hora do dia. Nós da CDL não podemos ficar omissos, por isso convidamos representantes das polícias Civil e Militar, da Guarda Municipal e das secretarias de Indústria e Comércio, de Desenvolvimento Social e Turismo, Sicomércio, Associação Comercial, Sindicato dos Comerciários, dos Radialistas, além de empresários para pensarmos juntos em oferecer melhor segurança para quem vem comprar no nosso comércio. É um período de maior movimento e de horário estendido e a polícia precisa está presente”, explicou o presidente da CDL de Ilhéus, Paulo Ganem.

O presidente do Sicomércio, Antônio Costa, informou que o horário de funcionamento do comércio já foi ampliado para atender a grande demanda durante o Natal e Reveillon. “Esta semana abriu até as 20h e na próxima abrirá até as 22h. Aos sábados funcionará das 9h às 18h e aos domingos, das 16h às 22h e na semana do réveillon também terá horário diferenciado”, alertou Antônio para reforçar a necessidade da presença da polícia no comércio.

Major Câmara (à direita) com dirigentes lojistas e convidados.

Major Câmara (à direita) com dirigentes lojistas e convidados.

O Comandante da 68ª Cia Independente de Polícia Militar, Major José Diógenes Câmara Alves, informou que já aumentou o efetivo de policiais no centro da cidade e que a polícia tem trabalhado incansavelmente de forma preventiva e também efetuando as prisões necessárias. “Quando qualquer comerciante ou consumidor perceber um indivíduo suspeito deve entrar em contato com a PM, não esperar acontecer, só assim poderemos evitar os delitos”, disse o major lembrando ainda, a necessidade de registrar as ocorrências na delegacia, para que os crimes sejam investigados e os criminosos presos.

Major Câmara (à direita) com dirigentes lojistas e convidados.

Major Câmara (PM), Paulo Ganem (CDL), Cacá (Sec Indústria e Comércio), Jamil Ocké (Sec, Des. Social), Antônio Costa (Sicomércio), Álvaro Santos Couto ( servidor da sec. Des. social).

Além de empresários e dirigentes lojistas, participaram da reunião a titular da Delegacia de Furtos e Roubos de Ilhéus, Rita de Cássia Oliveira; capitão Hosana Santos Rocha; Crismélia Silva, pres. do sindicato dos Comerciários; o secretário de Desenvolvimento Social, Jamil Ocké e o vice-prefeito e Secretário de Indústria e Comércio, Carlos Machado.