Principais mitos que circulam entre o repertório banal de muitas pessoas não esclarecidas.

P – Eu sei que você é Maçom .. tantas coisas sobre você são falados. Eu gostaria de fazer algumas perguntas, mas acho que você não está autorizado a responder.

M – Pelo contrário, pergunte-me!

P – Estou surpreso! Eu entendi que os maçons são obrigados a discrição total.

M – Isso se refere a assuntos internos da Ordem, como em qualquer outra associação.

P – Então vamos começar, que fins persegue a Maçonaria?

M – Nós trabalhamos para o enobrecimento da humanidade e nós queremos contribuir para a Liberdade, a Igualdade e a Fraternidade, além da Tolerância. Não é mais uma utopia mas sim, espalhar cada vez mais o respeito em todo o mundo.

P – Você diz “trabalhar” … Que tipo de trabalho é esse?

M – O Trabalho é em nossa própria Consciência como um estímulo ao desenvolvimento Moral e Intelectual, fazendo que nossas lojas permitam a verdadeira Amizade entre as pessoas e incentivar qualquer trabalho ou ideias, tanto a nível teórico e prático que irá beneficiar os membros da instituição e também toda a Sociedade vinculada.

P – De acordo com você (Maçom), onde estão os fundamentos da verdadeira Moralidade?

M – Em nossa própria Consciência e nos fundamentos Éticos da cultura da Humanidade.

P – Eles dizem que vocês são uma associação religiosa ou política ..

M – Nem um pouco! Precisamente em nossas reuniões é PROIBIDO discutir Religião e Política. Respeitamos todas as crenças e admitimos em nossa instituição, todas as formas de pensamento no âmbito da convivência Democrática.

P – Mas, apesar de tudo o que eles dizem é que você não é religioso …

M – Eu diria o contrário. O Maçom precisamente nessa busca pela verdade, tende a se tornar mais espiritualizado.

P – Eles dizem que há uma direção suprema da Ordem que abriga segredos.

M – “Suprema” Esse endereço não existe! Há Associações de Lojas em cada estado ou país. Todas com registros legais, contábeis e tributários. As relações internacionais são estabelecidas entre as diferentes associações como forma de relações diplomáticas entre poderes ou nações e para regular assembleias ou conferências, trocar notícias e coordenar atividades de interesse comum a todos os membros.

P – Eu ouvi que a Maçonaria se estende a outros países.

M – A Maçonaria é definida em mais de 150 países, em todo o mundo livre, com mais de dez milhões de membros, internacionalmente respeitado por governos e organizações dada a sua Elevada Educação Moral e Ética.

P – Vocês também aspiram no sentido político ..

M – Sim, claro! Nós encorajamos a Democracia, o respeito pela Lei, a autoridade legítima, combatemos com Força e Vigor governos tiranos ou corruptos, proclamamos princípios que devem reger o comportamento humano e social. Claro que também, fomentamos a Paz e Solidariedade.

P – Que outras qualidades específicas são exigidos para admissão?

M – Quem quiser entrar na Maçonaria, deve ser Livre. O que significa ser Livre de preconceitos e amarras intolerantes. Deve ser Tolerante e não dogmático, tenaz e investigador do Homem-Verdade.

P – Vocês chamam-se uns aos outros Irmãos…

M – Estamos na direção da coincidência dos nossos desejos; estamos por nosso ideal comum de Fraternidade e Solidariedade entre todos os homens; Também mantemos o mesmo senso de humanidade, num mundo caracterizado pela Harmonia e Paz. Por isso, somos IRMÃOS.

P – A Maçonaria é uma sociedade secreta?

M – Não! Seria melhor dizer, discreta.

P – Mas há Maçons que não atendem a essas Virtudes que proclamam ..

M – Somos homens frente às fraquezas humanas. Mas, precisamente quando entrar na instituição, estudamos e trabalhamos para a nossa melhoria própria e humana. É nossa maneira. É nosso objetivo.

P – Maçonaria, sendo tão antiga, não desapareceu…

M – A universalidade do ideal maçônico, a força de suas estruturas ao longo do tempo sempre estiveram presentes na evolução humana mais rápido do que tem sido. A Maçonaria é uma sociedade de pensamento-reflexo da imaginação. E isso tem atraído homens de todos os ramos do conhecimento humano, que são os verdadeiros elos da cadeia humana chamada Maçonaria.

P – Vocês se ajudam mutuamente?

M – Sim, por solidariedade principalmente mas, também por lei moral maçônica e força de juramento.

P – Porque vocês ficam ricos?

M – Porque os estudos filosóficos exotéricos e simbólicos, nos elevam em grau cultural e intelectual, tornando-nos ricos em conhecimentos plurais. Motivo esse que coloca a Maçonaria como a única instituição no mundo, como a mais democrática entre todas as demais.

P – Me refiro a riquesa financeira. Vemos os maçons como poderosos.

M – Isto é um mito tão antigo quanto a Maçonaria. As benesses materiais são diretamente proporcionais à capacidade individual de cada Maçom como profissional. Há desde simples funcionários até os mais altos cargos governamentais em nossos quadros. Há desde o mais simples feirante, até o mais renomado empresário. isto posto numa igualdade de relacionamento entre Irmãos, facilita a troca de ideias e pode surgir daí uma oportunidade sincera e honesta de alavancar-se profissionalmente (se houver competência) e assim melhorar de vida, o que aos olhos dos Profanos, soa como ficar rico na Maçonaria.

P – Se não é secreta, porque não posso entrar nos trabalhos?

M – Assim como numa reunião de diretoria, ministros, empresários, instituições e etc, na Maçonaria é o mesmo princípio. São debatidos temas e assuntos de ordem interna que só há interesse aos maçons.

P – Porque a Maçônaria é poderosa?

M – Outro mito. A Maçonaria está em todos os lugares e instituições, representada pelos maçons que se mostram ou não. Assim, consegue lugar de destaque em locais-chave que através da liderânça de um ou mais irmãos, oferta ajuda de solução e sugestão a determinado tema. A Maçonaria é uma escola de líderes e assim, aos olhos dos leigos, faz-se poderosa. Mas como eu disse, é um mito.

P – É verdade que vocês fazem pactos e ocultismos?
ÕNICA
M – Não! Não é verdade. É outro mito secular plantado habilmente por uma instituição que outrora era contrária a Maçonaria e assim, disseminou-se desde o Séc. 17 inverdades que proferidas por autoridades ‘morais’, tornaram-se ‘verdades’ no imaginário popular. Muitos são os detratores da Ordem que assim o fazem para levar alguma vantagem sobre o inculto.

P – Então, o que é a Maçonaria?

M – Num linguajar simples e direto, é Caridade!!!

P – Dou-me por satisfeito com suas respostas mas, tenho muitas outras a esclarecer. Obrigado!

M – Agradeço a oportunidade em responder-lhe e fico à disposição. Desmistificar a imagem da Maçonaria, não se faz em palanques e outdoors mas sim, homem a homem, olho no olho. Não há outra forma mais eficaz.

Texto traduzido e adaptado do site: http://www.diariomasonico.com/entrevistas/dialogo-profano-mason


Enviado pela AUTORIDADE MAÇÔNICA DE RELELEVO, Luciano Suedde.