NÃO SE DEIXE SOTERRAR

Não se deixe soterrar: Conta-se que um fazendeiro, que lutava com muitas dificuldades, possuía alguns cavalos para ajudar no trabalho de sua fazenda.

Um dia, o capataz lhe trouxe a notícia que um de seus cavalos havia caído num velho poço abandonado.

O buraco era muito fundo e seria difícil tirar o animal de lá. O fazendeiro avaliou a situação e certificou-se de que o cavalo estava vivo. Mas pela dificuldade e o alto custo para retirá-lo do fundo do poço, decidiu que não valia a pena investir no resgate.

Chamou o capataz e ordenou que sacrificasse o animal soterrando-o ali mesmo. O capataz chamou alguns empregados e orientou-os para que jogassem terra sobre o cavalo até que o encobrissem totalmente e o poço não oferecesse mais perigo aos outros animais.

No entanto, na medida que a terra caía sobre seu dorso, o cavalo se sacudia e a derrubava no chão e ia pisando sobre ela.

Logo os homens perceberam que o animal não se deixava soterrar, mas, ao contrário, estava subindo à medida que a terra caía, até que , finalmente, conseguiu sair…”.

Muitas vezes nós nos sentimos como se estivéssemos no fundo do poço e, de quebra, ainda temos a impressão de que estão tentando nos soterrar para sempre. É como se o mundo jogasse sobre nós a terra da incompreensão, da falta de oportunidade, da desvalorização, do desprezo e da indiferença. Nesses momentos difíceis, é importante que lembremos da lição profunda da história do cavalo e façamos a nossa parte para sair da dificuldade.

Afinal, se permitimos chegar ao fundo do poço, só nos restam duas opções:

Ou nos servimos dele como ponto de apoio para o impulso que nos levará ao topo; – Ou nos deixamos ficar ali até que a morte nos encontre. É Potencialize-se

Fique firme e não esmoreça! Você sabe do que é capaz e até do que não é capaz!

E sempre que se pegar queixando do mundo, das coisas, da situação, das pessoas, dê um tempo! Volte-se para dentro! E pare de se culpar também!

Mexa-se e faça algo por você em primeiro lugar e depois para o mundo! Que tal se levantar da sua cadeira do comodismo e do seu conforto?

Pare de ficar esperando que as coisas aconteçam por si só! E chega de se sentir impotente pensando que você não pode fazer nada para se ajudar. Você pode sim e deve começar a agir já!

Expanda-se! Amplie-se! Potencialize-se! Olhe o mundo com outros olhos, sempre cheios de amor, de compaixão, de alegria! Todos merecem uma chance. Todos. Principalmente você!

Faça como aquele homem que não esperou envelhecer para ser mais tolerante, mais aberto, mais amoroso! Veja os dois lados da questão! Sempre! E elimine suas amarras! Saia do atoleiro nem que tenha que se esforçar ainda mais! Dê um “chega pra lá” em toda crítica, em toda negatividade dos seus pensamentos.

Faça a sua parte e assim você estará ajudando a si mesmo e ao Universo que precisa muito de você. E isso é muito bom! Ainda mais quando você se descobre como gente e descobre que é o que pensa que é! Pense na saúde, na alegria, na prosperidade, no amor, na felicidade…. Seja cada vez mais otimista, tá? E sorridente!

E lembre-se que você nunca está sozinho, viu? Faça o que precisa ser feito! E bem feito! Siga mais a sua intuição! Fique mais próximo de Deus!

Luiz Castro Bacharel Administração de Empresa