WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia embasa secom bahia embasa


setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  






:: ‘Segurança’

Polícia Militar da Bahia – NOTA DE PESAR

PARA LER EM TELA CHEIA CLIQUE NAS DUAS SETINHAS.

Governo paga cerca de R$ 3,9 milhões em prêmio para mais de 5,5 mil policiais 

By Mateus Pereira/GOVBA

By Mateus Pereira/GOVBA

O segundo Prêmio por Desempenho Policial (PDP) de 2016 – benefício utilizado pelo Governo do Estado, através da Secretaria da Segurança Pública, como reconhecimento ao empenho dos policiais que conseguiram reduzir índices criminais nas suas áreas de atuação – pagará aproximadamente R$ 3,9 milhões, na folha especial de outubro.

A lista com as unidades premiadas está publicada na edição deste sábado (8) do Diário Oficial do Estado, conforme anunciou o governador Rui Costa em seu perfil oficial no Facebook. “Como é satisfatório ver a comprovação do empenho de vocês”, disse Rui, destacando que a medida é um reconhecimento ao resultado desses servidores.
Receberão gratificações os servidores que conseguiram alcançar, no primeiro semestre de 2016, comparado com o mesmo período do ano passado, a meta de redução de 6% dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) – homicídio, latrocínio e lesão corporal dolosa seguida de morte. As unidades que atingiram decréscimos em números absolutos e a submeta (3 à 5,9%) também serão contempladas.
No total serão premiados 4.602 servidores da PM, 936 da PC e 16 do Departamento de Polícia Técnica. As cinco Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisps), que obtiveram índices acima da meta estabelecida de 6% foram as da Barra (50%), Barris (27,2%), Pau da Lima (12,5%), Guanambi (11,5%) e Vera Cruz (11,5%). Em números absolutos, as Aisps com melhor resultado são as de Brotas (14 casos a menos), Itapuã (-10), Paulo Afonso (-7), Liberdade (-7) e Itapetinga (-2).

:: LEIA MAIS »

Ilhéus terá blitz educativa no Dia Mundial Sem Carro, nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira, 22 de setembro, data do Dia Mundial Sem Carro, a equipe de Educação para o Trânsito da Sutran (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito) de Ilhéus, em parceira com Associação Ilheense de Ciclismo, realizará uma blitz educativa como parte da programação da Semana Nacional da Mobilidade. Às 6h30min, os ciclistas se reunirão na Praça Getúlio Vargas, localizada no final da Avenida Lomanto Júnior, no bairro do Pontal, e de lá seguirão pedalando até a Praça Cairú, no centro da cidade, onde se juntarão à equipe da Sutran para a ação conjunta visando à conscientização de cidadania ambiental.

ilheus-tera-blitz-educativa-nesta-quinta_foto-alfredo-filho-1

ilheus-tera-blitz-educativa-nesta-quinta_foto-alfredo-filho-1

A Semana Nacional da Mobilidade reúne atividades entre os dias 18 e 25 deste mês de setembro. A data do Dia Mundial Sem Carro foi criada na França, em 1997, para desestimular o uso intensivo de automóveis nos deslocamentos urbanos. Neste dia são realizadas atividades em defesa do meio ambiente e da qualidade de vida nas cidades, tendo como objetivo estimular a reflexão sobre o uso excessivo do automóvel. Nessa data, os motoristas são convidados a deixarem seus automóveis e experimentarem formas alternativas de mobilidade.

“A data torna-se uma oportunidade para que as pessoas experimentem vivenciar a cidade de outra forma, utilizando o transporte público, bicicleta, caminhada e outras maneiras de deslocamento, que minimizem os impactos ambientais. Essas alternativas saudáveis e cidadãs contribuem com o Meio Ambiente, com a saúde das pessoas, ainda ajuda a humanizar o trânsito”, esclarece o assessor da Sutran, Tadeu Silva.

Entidades firmam cooperação técnica para reduzir mortes nas estradas baianas

Entidades firmam cooperação técnica para reduzir mortes nas estradas baianas

Evitar Mortes Estradas

Evitar Mortes Estradas

O documento assinado, nesta quinta (15), durante workshop de segurança viária, em Salvador, prevê a redução de pelo menos 30% no índice de mortalidade no trânsito, até o fim de 2020. Firmaram o termo o Detran, a Polícia Militar e as secretarias estaduais de Infraestrutura, Saúde, Administração e de Segurança Pública.www.secom.ba.gov.br

Para criar políticas que contribuam para a redução de acidentes nas estradas, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a Polícia Militar da Bahia (PMBA) e as secretarias de Infraestrutura (Seinfra), Saúde (Sesab), Administração (Saeb) e de Segurança Pública (SSP) firmaram um termo de cooperação técnica, na quinta-feira (15), durante o workshop de segurança viária, realizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Estima-se que anualmente 370 pessoas morrem em acidentes de trânsito nas rodovias baianas, segundo dados da Policia Rodoviária Federal (PRF). Somente no primeiro semestre deste ano, foram registradas 189 mortes e outras 412 pessoas ficaram gravemente feridas em decorrência de atropelamentos e colisões.

O documento assinado prevê a redução de pelo menos 30% no índice de mortalidade no trânsito, até o fim de 2020. Serão investidos US$ 15 milhões por meio do Programa de Recuperação e Manutenção de Rodovias (Preamar).

O caminhoneiro Washington dos Santos acredita que a redução no número de ocorrências passa por uma mudança de comportamento dos condutores. “É comum vermos nas estradas motoristas imprudentes, dirigindo acima do limite de velocidade. Se as pessoas seguirem o código nacional de trânsito e dirigirem dentro das normas, muitos acidentes podem ser evitados”.

Ações para segurança no trânsito

O primeiro Workshop de Segurança Viária ‘Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito – 2011/2020: Eu sou +1 por um trânsito + seguro’ foi uma iniciativa do Governo do Estado, com o apoio técnico do Banco Mundial. Especialistas em trânsito discutiram o modelo de gestão de segurança nas vias e a alternativas para melhorar o desempenho das entidades reguladoras.

O Ten Cel PM Câmara, Comandante da Companhia Independente de Policiamento Rodoviário (CIPRv-Itabuna), esteve na reunião representando a Unidade, que abrange Sul, Extremo Sul e parte do Sudoeste do Estado.

http://www.secom.ba.gov.br/2016/09/134915/SSP-assina-termo-de-cooperacao-para-reducao-de-mortes-nas-estradas.html

Mais 295 novos policias receberão carteiras e distintivos

Novos servidores foram convocados para audiência interna onde serão designados para estágio de adaptação funcional

Mais 295 novos policiais civis foram convocados, por meio de portaria do delegado-geral Bernardino Brito Filho, publicada no Diário Oficial, deste sábado (3), para comparecerem à audiência interna, que será realizada na terça-feira (6), na sede do Centro de Operações e Inteligência (COI), no CAB.

No final de agosto, outros 236 delegados, investigadores e escrivães também participaram do evento, momento em que foram designados para servirem no Gabinete do Delegado Geral (GDG), cumprindo, assim, fase de adaptação funcional, pelo prazo de 30 dias, conforme escala de serviço a ser divulgada.

Durante a audiência pública, os 54 delegados, 224 investigadores e 17 escrivães, convocados nesta etapa, também receberão as carteiras funcionais e distintivos. Decorrido o prazo de adaptação funcional, os novos policiais serão removidos para as unidades onde serão lotados definitivamente, de acordo com a sua classificação no concurso.

Polícia Militar da Bahia

PM leva estudantes ao Museu Geológico para visita educativa

Academia de Polícia forma novos Promotores de Polícia Comunitária

A Polícia Militar da Bahia (PM/BA) forma, nesta sexta-feira (2), a 18ª turma do Curso Nacional de Promotor de Polícia Comunitária (CNPPC). Realizada na sede da Academia da Polícia Civil do Estado da Bahia (Acadepol), no bairro do Cabula, em Salvador, a capacitação transmite conhecimentos em direitos humanos, relações interpessoais e mediação de conflitos para agentes do Sistema de Defesa Social, com o objetivo de aperfeiçoar o serviço policial e melhorar a qualidade de vida da população.
Carol Garcia GOVBA

Carol Garcia GOVBA

O CNPPC busca disseminar o modelo de policiamento comunitário aplicado pela polícia japonesa há mais de 100 anos, conhecido como Sistema Koban, que tem como filosofia atuar de forma precaucional, aconselhando a população local sobre criminalidade, por meio de reuniões com os moradores mais velhos e as lideranças da região. Desde sua criação, em 2011, o curso já capacitou 4,6 mil agentes do Sistema de Defesa Social, tendo mais de 600 policiais militares concluído o curso em 2016.
“Nosso objetivo é a melhoria do serviço policial e da qualidade de vida do cidadão, que está na ponta do sistema. A polícia e a comunidade devem trabalhar em parceria para identificar e resolver problemas sociais como a criminalidade, o consumo de drogas e a violência doméstica”, explicou o chefe da Seção de Multiplicação Doutrinária do Departamento de Policiamento Comunitário e Direitos Humanos (DPCDH) da Polícia Militar, capitão Leandro Santana.
Para a soldada Patrícia Flores, problemas sociais refletem na segurança pública, não sendo, portanto, uma atribuição exclusiva do policial militar reduzir os índices de violência da cidade. “Nós aprendemos no curso que um policiamento repressivo não funciona em longo prazo, ele precisa ser preventivo. A polícia precisa estar presente no cotidiano dos bairros e o curso ajuda a formar um policial capaz de trabalhar em conjunto com as pessoas para diminuir os índices de violência”, afirma.
Com carga horária de 40 horas e duração de uma semana, o curso se baseia na matriz curricular definida pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e busca envolver todo o sistema se segurança nas esferas estadual e municipal. Nessa turma, além de policiais militares e civis, estiveram presentes guardas municipais e agentes prisionais. Para o próximo ciclo de aulas, que tem inicio no dia 19 de setembro, a PM espera incluir também membros do Corpo de Bombeiros Militar e do Departamento de Perícia Técnica.

Os policiais prometem fazer Operação Padrão e paralisar as atividades da polícia caso a categoria não obtenha nenhuma posição do Governo do Estado   

Na manhã desta quinta-feira ( 1), os Escrivães e Investigadores da Polícia Civil, do Estado da Bahia, irão realizar a II Plenária Unificada com o intuito de organizar, intensificar as ações e apontar as diretrizes da Campanha ” Pelo Salário de Nível Superior”, das 9hs às 12hs, na sede da Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia( AFPEB), localizada na Carlos Gomes, centro da capital baiana. O evento vai contar com a participação de escrivães e investigadores de  Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Jacobina, Paulo Afonso, Vitoria da Conquista, Salvador,  Região Metropolitana e diversos municípios baianos.  A categoria teve reuniões com a SERIN e a SAEB mas não obteve nenhum retorno do Governo do Estado. Esse grupo de policiais não reconhece o SINDPOC (Sindicato Dos Policiais Civis do Estado da Bahia)  como representante das lutas e pautas  reivindicadas.
Plenaria-policiais-civis

Plenaria-policiais-civis

O intuito desta segunda Plenária promovida pela categoria é organizar a próxima etapa da campanha e prometem fazer ” operação padrão” e paralisar as atividades. O evento tem como finalidade organizar a Campanha   envolvendo a categoria em  atividades lúdicas, humanitárias, realização de manifestações e atos políticos com o intuito de sensibilizar o Governo e a sociedade da necessidade de valorização dos investigadores  e escrivães .

:: LEIA MAIS »

Ilhéus revitaliza sinalização horizontal em várias ruas

Para garantir e ampliar a segurança de motoristas, motociclistas e pedestres, a Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra), através da Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), tem realizado a restauração da sinalização horizontal em diversas vias públicas. O serviço de revitalização conta com o trabalho de oito homens, nas funções de pintura e segurança.

Nas últimas semanas, foram sinalizadas a Avenida Itabuna, a Rua Luiz Gama – que recebeu pavimentação asfáltica recentemente, a Rua Bento Berilo, no centro, e a ladeira de acesso ao Alto do Coqueiro, no bairro do Malhado. A sinalização nas vias do bairro Teotônio Vilela, pavimentadas há poucos dias, ainda estão em fase de conclusão, devido às fortes chuvas que Têm caído sobre a cidade.

De acordo com Isaac Vinhas, Chefe do Setor de Operação de Trânsito da Sutran, estão previstas também a melhoria da sinalização horizontal de ruas na zona norte da cidade, incluindo a recuperação de faixas de pedestres, além de pontos onde não há sinalização, a exemplo da nova faixa de segurança da Avenida Itabuna.

Mais duas viaturas entregues para reforço do policiamento em Ilhéus

Chegaram três veículos picape e seis minivans. Em breve, uma nova remessa de veículos deve ser integrada às companhias do município

Governador Rui Costa entrega novas viaturas-foto Gidelzo Silva

Governador Rui Costa entrega novas viaturas-foto Gidelzo Silva

O governador baiano Rui Costa fez a entrega, nesta sexta-feira, 26 de agosto, de mais duas novas viaturas para reforçar a atuação da Polícia Militar no município de Ilhéus. Em junho último, o prefeito em exercício Carlos Machado (Cacá), o deputado estadual Eduardo Salles e, o comandante Regional, coronel Teixeira, participaram do ato de entrega de nove viaturas da Polícia Militar, realizado no 2º Batalhão da PM, em Ilhéus, que já estão a serviço
das Companhias Independentes de Policiamento Militar locais.

A entrega das duas viaturas aconteceu em solenidade realizada na vizinha cidade de Uruçuca. O chefe de Gabinete da Prefeitura de Ilhéus, Victor da Veiga, representou o governo municipal. Também estavam presentes o comandante da Região Sul, tenente coronel Washington Idilceu Bastos, e a prefeita de Uruçuca, Fernanda Silva, entre outras autoridades.

A chegada dos veículos faz parte da renovação da frota da Polícia Militar, em todo território baiano. Na região Sul da Bahia, as novas viaturas auxiliam nas operações do policiamento ostensivo e preventivo. O governador Rui Costa afirmou que a aquisição das viaturas “serve de apoio e estímulo às forças de segurança do Estado para a otimização do exercício de suas funções”.

Polícia Militar da Bahia

 

Em Uruçuca, Rui entrega sete novas viaturas para a Polícia Militar

Para atender a demanda do policiamento ostensivo e preventivo na região sul da Bahia, o o governador Rui Costa entregou em Uruçuca, nesta sexta-feira (26), sete novas viaturas caminhonetes, modelo Ranger, ao Comando de Policiamento local, que atende também os municípios de Ilhéus, Itajuípe, Itacaré, Itapetinga e Maraú.
By  Alberto Coutinho GOVBA

By Alberto Coutinho GOVBA

A chegada dos veículos à região faz parte da renovação da frota da Polícia Militar, que deve receber em todo território baiano 1,4 mil carros. De acordo com o governador, o investimento na aquisição de novas viaturas serve de apoio e estímulo às forças de segurança do Estado para a otimização do exercício de suas funções.
“Estamos no processo de renovação das viaturas da polícia. Isso melhora as condições de trabalho de nossos policiais, o que representa uma maneira de contribuir para o fortalecimento da segurança pública. Eles vão estar mais entusiasmados e tendo equipamentos mais modernos para converter o entusiasmo em ações”, afirmou Rui.
Além da segurança pública, o município foi contemplado com melhorias na assistência à saúde, lazer e educação. O governador inaugurou a Praça de Ciência e Tecnologia, o Ginásio de Esportes Talmo Régis Farias e a quinta Unidade Básica de Saúde da Família do município. Também assinou ordem de serviço para sinalização horizontal e vertical da cidade e entregou títulos de terra a 64 agricultores do Território do Litoral Sul.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia