Ações da Semana do Meio Ambiente foram levadas às comunidades de Aritaguá, Lagoa Encantada e Sambaituba. A partir desta segunda-feira (06), a programação se concentra na Praça J.J. Seabra, centro da cidade

A rotina de comunidades situadas na zona rural ilheense foi alterada neste fim de semana, com as ações da Bahia Mineração (Bamin) na Semana do Meio Ambiente, numa agenda que incluiu apresentação teatral, caminhada ecológica e plantio de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica. Esse trabalho começou na sexta-feira (03), em Aritaguá, chegou à Lagoa Encantada no sábado e seguiu para Sambaituba no domingo. A partir desta segunda-feira (06) até a próxima sexta-feira (10) a programação da Semana do Meio Ambiente se concentra na Praça J.J. Seabra, num estande montado em frente à Câmara de Vereadores.

Clique para AMPLIAR.

A mensagem de preservação foi transmitida com arte aos moradores das comunidades, que receberam a visita do grupo de arte-educadores Teka Teatro, formado por profissionais graduados em Direção e Interpretação Teatral pela  Ufba, que apresentaram o espetáculo “Jogos Florestais”. De maneira lúdica e envolvendo o público, os atores falaram sobre os hábitos do dia-a-dia que agridem a natureza e ensinaram todos a conviver de maneira harmoniosa com o meio ambiente.

O depoimento do adolescente Sávio Santos Nascimento, de 12 anos, morador de Aritaguá, foi uma demonstração de que o recado não somente foi entendido, como também é capaz de produzir uma mudança de atitude. “Achei ótimo, alegre, e de hoje em diante vou procurar reduzir, reciclar e reutilizar o lixo”, falou o garoto logo após assistir à peça do Teka Teatro, que abordou de forma interessante os 3 R’s.

Em seguida, Sávio juntou-se ao grupo que caminhou pelas ruas da comunidade, recolhendo material reciclável que foi trocado por mudas de pau-brasil, pequi-mirim, araçá-amarelo, angico-branco e pau-formiga, espécies nativas da Mata Atlântica. Adultos e crianças envolveram-se com a proposta da Semana do Meio Ambiente, que tem como lema a indagação “Que marcas você quer deixar no planeta”?

 

Na Lagoa Encantada, houve também a entrega dos certificados aos participantes do curso de monitores ambientais mirins, oferecido pela Bahia Mineração em parceria com o Sesi (Serviço Social da Indústria). A adolescente Jaiara Cruz dos Santos, 15, mostrava entusiasmo com tudo o que aprendeu e com a possibilidade de se tornar um agente em favor da preservação. “Além de preservar, os monitores vão também ensinar os moradores e visitantes a cuidar desse lugar lindo que Deus criou pra gente. A Lagoa Encantada é o lugar em que eu nasci e onde quero ficar toda a minha vida. É um privilégio morar aqui”, declarou Jaiara.

 

Em Sambaituba, além de todas as ações realizadas nas demais comunidades, houve também um mutirão para recuperar a praça local. Cerca de 30 moradores participaram do esforço pela melhoria da área de lazer. O grupo de capoeira local, Negra Raiz, também abrilhantou a programação com uma apresentação que antecedeu o espetáculo teatral.

 

A programação da Semana do Meio Ambiente continua nesta segunda-feira (06). No estande da Praça J. J. Seabra, haverá palestras, exposição com os grupos produtivos do Projeto Transformar, desenvolvido pela Bamin em parceria com o Instituto Aliança, e troca de mudas por material reciclável. As palestras serão ministradas pela manhã e à tarde, por instrutores do Sesi e professores da Faculdade de Ilhéus. As da parte da manhã serão direcionadas aos alunos da rede pública de ensino, e ainda acontecerão apresentações para públicos específicos de profissionais, como a de Contabilidade Ambiental, voltada para ONGs, institutos e consultorias ambientais, e a de Turismo Sustentável, direcionada a profissionais da área de turismo.

 

SOBRE O DIA DO MEIO AMBIENTE – O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado pela Assembléia Geral das Nações Unidas em 1972, marcando a abertura da Conferência de Estocolmo sobre Ambiente Humano. Desde então no dia 05 de Junho é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente, que chama a atenção e ação política de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental.

Alguns dos principais esforços em relação ao Dia do Meio Ambiente são: Mostrar o lado humano das questões ambientais; capacitar as pessoas a se tornarem agentes ativos do desenvolvimento sustentável; promover a compreensão de que é fundamental que comunidades e indivíduos mudem atitudes em relação ao uso dos recursos e das questões ambientais; e advogar parcerias para garantir que todas as nações e povos desfrutem um futuro mais seguro e mais próspero.

 

SOBRE A BAHIA MINERAÇÃO – A Bahia Mineração (Bamin) é uma empresa de mineração que pretende implantar o projeto Pedra de Ferro em Caetité, no sudoeste da Bahia, para produzir 19,5 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. A produção será transportada pela Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), obra do governo federal, e será exportada por um terminal portuário de uso privativo atrelado ao Porto Sul, obra do governo do estado planejada para o norte de Ilhéus, sul da Bahia. Com um investimento de aproximadamente US$ 2 bilhões, o projeto Pedra de Ferro tem previsão para iniciar as operações em 2014, gerando 1,8 mil empregos diretos na construção e oito  mil empregos diretos na operação.

 

Programação da Semana do Meio Ambiente em Ilhéus:

http://www.r2cpress.com.br/v1/2011/06/06/programacao-semana-do-meio-ambiente/