SÓ DEU EMPATE NA 19ª RODADA

Cumprindo sua programação 2012 de “babas” de praia a AVEP(Associação de Veteranos de Esporte Praiano) realizou domingo(2) a sua 19ª rodada. Os jogos como de costume foram realizados na praia da Soares Lopes, nas imediações do Ed. Santa Clara. No campo denominado Grimaldo as equipe do Capitão Erisvan e do Capitão Marconi empataram em 2 a 2. Marconi e Ismar marcaram para Marconi; Renatinho e Danilo conferiram para Erisvan.  No campo chamado Martial os times do Capitão Paulo Gois e do Capitão Crispiniano também empataram pelo placar de 1 a 1.  Waldemir marcou para Crispiniano e Ralio empatou para Paulo Gois. Não houve comentários negativos quanto às arbitragens dos juízes da Liga Ilheense de Futebol. Houve sim protestos de inúmeros associados quanto à falta de definição do Cartão Azul, que já gerou alguns transtornos em partidas anteriores. Aconteceu novamente no campo Grimaldo. É o fato do atleta associado fica sem saber qual será o critério a ser adotado pelo árbitro. Alguns ao aplicar tal cartão, o exclui definitivamente da competição, outros permitem após o atleta cumprir cinco minutos de suspensão fora de campo, que ele volte a competir. Afirmam os associados que a indefinição não contribui em nada para engrandecer a Associação.

As equipes no campo Grimaldo –(Cap. Erisvan): Luciano, Lindoia, Bacelar, Torisco, Heckel, Cesinha, Vado(depois Mario Filho no intervalo do jogo),  Erisvan, Danilo e Renatinho  X  (Cap. Marconi):  Ricardo, Aelson, Adauto, Pio, Jorge Reis, Sizinio, Luis Humberto, Ismar, Marconi e Fred

Clique para AMPLIAR.

As equipes no campo Martial –(Cap. Crispiniano): Rosivaldo, Haroldo, Tabosa, Japonês, Maurílio, Luis Mario, Passos, Dr. Souto, Waldemir e Crispiniano  X  (Cap. Paulo Gois): Pedro Chama Gol, Djalma Peludo, Galletti, Melgaço, Paulo Gois, Ralio, Sena, Zugaib, Zé Eduardo e Major

Comentários da Rodada

No campo Grimaldo os observadores acharam que o time do Cap. Erisvan foi melhor no cômputo geral, inclusive apontam que os gols sofridos por esta equipe se deram por conta de duas bobeiras dos defensores Lindoia e Heckel que entregaram o “ouro ao bandido”. Comentaram também que o volante Cesinha deste mesmo quadro, não se sabe o porquê, em vez de atuar na frente dos zagueiros combatendo os atacantes adversários, recuou e foi jogar na zaga para cobrar “tiro de meta” e ficar na sobra.

Os comentários do campo Martial apontam que os dois times (do Cap. Paulo Gois e do Cap. Crispiniano) jogaram pau a pau. Destacaram num conceito de regular para bom, os atletas Maurílio, Dr. Souto, Japonês, Waldemir e Haroldo (para Crispiniano), e Pedro Chama Gol, Galletti, Paulo Gois, Zugaib e Zé Eduardo no quadro de Paulo Gois.

Observaram também que quem saiu retado da vida foi o lateral esquerdo Luis Mario pelo fato de seu time ter cedido o empate de última hora. Saiu esbravejando: “Eu jogo pra ganhar, não é pra brincadeira não!”.