WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa embasa secom bahia secom bahia secom bahia


maio 2022
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  






:: 17/maio/2022 . 16:23

CABRUCA OU CACAUICULTURA DE PRECISÃO?

Luiz Ferreira da Silva, 85.

Pesquisador aposentado da CEPLAC

   (Foto: Paulo Cortizo, Empreendedor Rural diversificado)

Com a infestação da vassoura-de-bruxa, dizimando milhares de hectares e provocando muita miséria no sul da Bahia, não só abalando a economia regional quanto deixando mais de 200 mil trabalhadores desempregados, um esforço sem igual até então tem que ser despendido para revitalizar a cacauicultora.

A Bahia sempre manteve a supremacia da produção de cacau brasileiro, em cujo solo fértil de rochas do cristalino geológico, plantado sob a mata atlântica sul baiana, construiu uma economia importante para o país, originou uma história, emoldurou uma civilização

No entanto, a renovação é fundamental com novos plantios, utilizando uma mistura de clones, além de uma nova concepção de agricultura. Não mais a de baixos insumos, mas a de precisão, na busca de altas produtividades, como é a nova visão do agronegócio brasileiro.

O Sul da Bahia ainda terá a sua vez, mas novos polos cacaueiros terão que ser implementados, em regiões que permitam o uso de tecnologias avançadas e não mais com visão puramente ecológica, a exemplo da “cabruca” (cacau plantado sob matas raleadas).

Novos plantios com terra preparada, cacaueiros adensados com copas fazendo toldo, sem deixar o sol chegar ao solo. Adubo nas covas, adredemente preparadas, fertirrigação, proteção fitossanitária. A pleno sol e utilização de maquinário agrícola.

Produtividades que podem chegar a 200 arrobas por hectare e nova concepção de renovação da lavoura; a cada 35 anos, com novos materiais genéticos dispostos. Não mais secularidade. :: LEIA MAIS »

Equipes de robótica do SESI Bahia fazem treino preparatório para o Festival SESI de Robótica

Liga Robótica SESI participa do evento nacional com cinco equipes da capital e interior

As equipes da Liga Robótica SESI, composta por estudantes de cinco escolas do Serviço Social da Indústria (SESI Bahia), participam neste sábado, dia 14 de maio, das 8 às 15 horas, de um treinamento presencial preparatório para o maior evento nacional da modalidade, o Festival SESI de Robótica.

O treinamento, que vai reunir todas as equipes do SESI classificadas para a etapa nacional da competição, vai acontecer na Escola SESI Reitor Miguel Calmon, no bairro do Retiro.

De acordo com Fernando Didier, coordenador de Robótica do SESI Bahia, trata-se de um evento de aquecimento, com a participação das equipes de cinco escolas do SESI, de três categorias de robótica: First Lego League (FLL), First Tech Challenger (FTC) e F1 In Schools.

Fernando explica que a Bahia terá uma delegação formada por 47 competidores. O evento, realizado pelo SESI Nacional, acontecerá no Pavilhão da Bienal Ibirapuera, nos dias 27 a 29 de maio, em São Paulo.

A Bahia coleciona importantes conquistas na competição, incluindo a classificação para torneios internacionais, a exemplo da modalidade F1 IN Schools, em 2019.

A delegação baiana embarca no dia 26 de maio, às 11h40, no Aeroporto de Salvador, com destino a São Paulo, para representar a Bahia no Festival de Robótica

Federação das Indústrias do Estado da Bahia – Sistema FIEB





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia