A Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP) está disponibilizando aos baianos, a partir desta terça-feira (14), uma ferramenta que poderá trazer muito alívio àquelas famílias que, por ventura, tenham um ente querido desaparecido. Por meio do número de telefone (71) 8643-4007, o cidadão poderá acionar o aplicativo WhatsApp da unidade policial e enviar imagens e informações de pessoas nesta condição.
Mediante o sucesso do aplicativo SIPP de criminosos procurados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a delegada Heloísa Simões, titular da DPP, teve a ideia de criar uma ferramenta semelhante para auxiliar sua unidade na busca e localização por pessoas desaparecidas. Os dados passados pelo aplicativo serão filtrados e repassados para uma equipe responsável por monitorar as informações.
Com o aplicativo WhatsApp, a DPP, portanto, passa a contar com mais uma ferramenta importante na busca por pessoas, além da fan page que mantém no Facebook e do Disque Denúncia, que recebe informações por meio dos números 3235-0000, em Salvador, e 181, no interior. A delegacia pertence à estrutura organizacional do DHPP.
REGISTRO
Para registrar o desaparecimento na capital, é necessário que um parente compareça à sede da DPP, localizada no prédio do DHPP, na Pituba, e forneça os dados necessários à identificação do desaparecido. A partir da emissão do boletim de ocorrência, a delegacia emite uma ordem de missão para o serviço de investigação e os policiais iniciam diligências em busca do desaparecido. No interior do estado, as ocorrências podem ser feitas nas Delegacias Territoriais, localizadas onde ocorreu o fato.
Ascom/PC