WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia


novembro 2018
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  






:: 21/nov/2018 . 18:24

RUI COSTA SE ENCONTRA COM EMBAIXADOR CHINÊS PARA ACELERAR OBRAS DO PORTO SUL E FIOL

O governador Rui Costa visitou em Brasília, na tarde desta terça-feira (20), o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang, que se despede de suas funções em dezembro deste ano. Um grupo chinês vai construir o VLT na capital baiana, e o governador convidou Li Jinzhang para participar da assinatura, na Bahia, do contrato de obras do VLT antes de entregar o posto na Embaixada.

No encontro, Rui também contou sobre a reunião que teve com representantes da Bamin. A empresa pedirá apoio ao diplomata para acelerar a decisão do consórcio das empresas chinesas que vão participar da construção da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) e do Porto Sul. O embaixador os receberá ainda na tarde desta terça-feira.

Rui afirmou querer seguir com a parceria com o governo chinês, e o embaixador concordou ao dizer que “a Bahia se tornará o novo cartão postal do Brasil”. Ele destacou o Porto Sul, a Fiol e o minério de ferro como um grande projeto conjunto. Li Jinzhang assegurou que o próximo diplomata a assumir o posto já tem conhecimento dos projetos e negociações em andamento.

:: LEIA MAIS »

Ilhéus: Prefeito diz que não vai interferir na eleição para presidente da Câmara

A corrida pelo comando da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Ilhéus, está completamente em aberto, faltando menos de 15 dias para a eleição. Segundo o Blog Agravo apurou, ao menos seis vereadores declararam que são candidatos a presidente.

Paulo Carqueija (PSD), César Porto (PDT) e Jerbson Moraes (PSD), vêm sendo apontados nos bastidores da Câmara como os candidatos mais fortes.

O prefeito Mário Alexandre afirmou ao Blog Agravo, na última sexta-feira (16), que não vai interferir na eleição do Legislativo ilheense. Com isso, o candidato vereador César Porto surge como o favorito, já que participa de um grupo de nove vereadores, que defendem que o comando da Câmara não fique nas mãos do PSD, partido do prefeito Mário Alexandre.

A eleição para presidente da Câmara acontece na sessão ordinária do dia 05 de dezembro.

DO AGRAVO

ALUNA DA FACULDADE MADRE THAÍS ESCLARECE MAL ENTENDIDO

Me chamo Juliana da Silva Barros Passos, aluna do último semestre do curso de Recursos Humanos da Faculdade Madre Thais e promovi uma rifa que correu pela Loteria Federal.
Como não houve sorteio no dia 13/11/18, os números sorteados são referentes ao concurso do dia 14/11/18. Cujo o 1° prêmio foi a centena 327 e não 357 como alega o Sr. Jorge Cardoso.
Em tempo, esclareço que a responsável pela rifa sou eu e não a faculdade, apesar de ser aluna da mesma.
Já entrei em contato com o Sr. Jorge e teremos um contato pessoal para esclarecer o equívoco.
Os premios foram entregues aos ganhadores e foi divulgado entre os compradores via WhatsApp, mas o número do Sr. Jorge era só celular e o mesmo se confundiu entre as informações do concurso e os números a serem sorteados que estão logo a baixo, no rodapé do bilhete, seis centenas em cada bilhete.
Agradeço a atenção dispensada e a oportunidade de esclarecimento.
 Juliana

DECOLORES : 100 ANOS DE DOM VALFREDO BERNARDO TEPE – UM POUCO DA HISTÓRIA.

A Diocese de Ilhéus foi criada pelo Papa Pio X no dia 20 de outubro de 1913, com a Bula “MAJUS ANIMARIUM RONUM” (Bem Maior das Almas), a qual foi lida na chegada do Primeiro Bispo de Ilhéus, Dom Manoel de Paiva, em 1915, o qual organizou o Corpo Administrativo da Diocese e Secretariado do Bispado.

O segundo Bispo é inesquecível na historia desta Diocese, Dom Eduardo José Herberdernold, que tomou posse no dia 22 de março de 1931, e imediatamente a sua posse, deu inicio a construção da atual Catedral, tendo fundado a Associação de Santa Isabel das Senhoras de Caridade. Dom Felipe Canderu Pacheco, foi o terceiro Bispo, que durante cinco anos (1941-1946), respondeu pela Diocese, reorganizou a obra das Vocações Sacerdotais.

Em 12 de Janeiro de 1947, Dom Bendito Zorzi, tomou pose e fundou o Seminário Diocesano. Em 1953 Dom João Rezende Costa assumiu a Diocese, e acelerou as obras da Catedral, foi o quinto Bispo de

Ilhéus. Dom Frei Caetano Antonio Lima dos Santos, foi o sexto Bispo, assumiu em 1958, e dentro as inúmeras obras realizadas durante a sua gestão foi a conclusão da Catedral São Sebastião. Para suceder Dom Caetano, foi nomeado Dom Roberto Pinarello de Almeida, esse não tomou posse por motivos particulares. Em 1971, Dom Valfredo Bernardo Tepe, assumiu a Diocese, sendo seu oitavo Bispo, o qual teve maior cuidado com a formação dos Padres, e fundou diversos movimentos de Leigos, destacando-se o MCC – Movimento de Cursilhos de Cristandade e o ECC-Encontro de Casais Com Cristo e o TLC – Grupo de Jovens.

Já existiam alguns Movimentos tradicionais como MFC – Movimento Familiar Cristão, liderado pelo ex-padre Jorge Saraiva Castro, Congregação Mariana do Centro, Conquista e Malhado, Filhas de Maria e Coração de Jesus e o Coral Dom Eduardo, que eram atuantes.

O nosso inesquecível Dom Tepe foi o nosso timoneiro de fé que nos proporcionou crescimento espiritual através dos Aprofundamentos, Retiros de Silêncio, Cursos de Igreja, com palestrantes do quilate da inesquecível Carmita Overbeck, Pe.

Roque Shinaider, Dom Romer, Pe. João Moana, Galileu Galileia, Calmon de Passos, Pe. Helder Salvador de Lima, entre outros.

Dom Valfredo Tepe era muito participativo, freqüentava todas reuniões do Secretariado Diocesano do MCC, era assíduo nas Assembléias Diocesanas, era sempre disponível nas realizações dos Cursilhos-3-dias, Encontros de Casais e Curso de Igreja. Era realmente incansável e ainda teve tempo de escrever várias obras (livros espirituais) consagradas no Brasil e Exterior.

A Diocese de Ilhéus antes da chegada desse inesquecível Servo de Cristo, era bastante inoperante, sem vida, sem motivação, sem estimulo, enfim funcionava com sua tradição. Com a chegada de Dom Tepe a Diocese deu uma guinada e houve uma transformação na sociedade em geral, pois ele participativa ativamente não somente no Centro da Diocese, como também nos bairros e distritos de Ilhéus e nas Paróquias do Interior que no início abrangia Ilhéus e Itabuna. :: LEIA MAIS »

Congresso encerra Ano Nacional do Laicato Igreja Católica em Ilhéus

A Igreja Católica em Ilhéus vai realizar no dia 25 de novembro o Congresso Diocesano do Laicato da diocese de Ilhéus. O evento encerrar as atividades do Ano Nacional do Laicato com início previsto para às 8 horas, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, na Av. Soares Lopes, Cidade Nova.
O Ano do Laicato, instituído pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), celebrado desde a solenidade de Cristo Rei de 2017, encerrar-se na mesma solenidade, em 2018. A diocese de Ilhéus vai realizar no dia 25 de novembro o Congresso Diocesano do Laicato. O evento encerra as atividades do Ano Nacional do Laicato e tem início previsto para às 8 horas, no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, na Av. Soares Lopes, Cidade Nova.
Na festa de Cristo Rei a Igreja Católica, no Brasil, também comemora o dia nacional dos Cristãos leigos e leigas. O tema “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” Sal da Terra e Luz do Mundo (Mt5, 13- 14), será debatido na palestra de abertura. Além da formação, a abordagem Motivacional “Fé e Superação”, vai anteceder o Padre Francisco Bianchin (Padre Xico) aprofundando “Sal da Terra e Luz do Mundo” (Mt5,13-16).
Entre as palestras serão realizadas apresentações artísticas e show com “As Marias”, antecedendo a missa de encerramento, presidida pela Bispo Dom Mauro Montagnoli, prevista para 15 horas, no Centro de Convenções.
O tema do Ano Nacional do Laicato, deriva do Documento 105 da CNBB, intitulado Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade. O subtítulo desse documento, “Sal da terra e luz do mundo (Mt 5,13-14)”, tornou-se lema deste
Ano.
O objetivo geral do Ano Nacional do Laicato demonstra seu propósito: “Como Igreja, povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade”.


Texto: Jonildo Glória
Blog do Jonildo Glória





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia