WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia embasa secom bahia embasa


junho 2016
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  






:: 27/jun/2016 . 22:12

BASTIDORES DA CONSTRUÇÃO DO TEATRO MUNICIPAL DE ILHÉUS

Alan Dick Megi – Arquiteto e Urbanista

Alan Dick Megi

Agora que, pela segunda vez fui chamado a participar das obras de recuperação do equipamento cultural que mais orgulha o ilheense, me vêm à mente toda a minha história com ele.

Algumas relações com pessoas ou com coisas começam e acabam logo, outras perduram por muito e muito tempo.  A minha relação com o Teatro Municipal de Ilhéus começou em julho de 1973, quando eu contava com apenas 16 anos e pela primeira vez pisei em solo ilheense em férias escolares. Passeando à noite a pé com meus pais e familiares, estranhando o centro da cidade totalmente deserto, onde não encontrávamos sequer um lugar para jantar pois tudo estava fechado, exceto o bar e restaurante que hoje se chama Vesúvio. Sem imaginar que algum dia viria a morar nesta cidade, lembro como se fosse hoje, minha admiração por aquele prédio azul e branco em ruínas, completamente abandonado, onde em sua fachada se lia “CINE TEATRO ILHEOS”. Fiquei ali no meio da rua meio escura, imaginando o quanto ele tinha sido importante no passado e como poderia vir a ser no futuro, se alguém se dignasse a recuperá-lo. Naquela época eu estava fazendo um cursinho pré-vestibular em Curitiba que me serviu para entrar na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.  Cinco anos depois, já formado, o destino quis que eu viesse diretamente a Ilhéus onde meus pais haviam fixado residência.  Logo que cheguei, muito jovem e ainda imberbe, comecei a trabalhar na Prefeitura na época em que era prefeito o Sr. Antonio Olímpio. Logo tomei conhecimento que havia um projeto para transformar aquele prédio na “Casa de Cultura”, um sonho do então Secretário de educação Wilson Rosa. Fiquei feliz, mas nem tanto, quando vi que o projeto proposto alterava substancialmente as características do local, principalmente na área onde funciona a sorveteria Ponto Chick, a qual daria lugar a uma torre de vidro temperado de uns 3 ou 4  pavimentos, onde seriam instalados os banheiros, administração e a central de ar condicionado. Na praça em frente seria construído um coreto e no seu subsolo a casa de força para fornecer a energia necessária.

Passou o tempo e nada foi feito, até que assumiu a prefeitura o Sr. Jabes Ribeiro, também muito jovem à época. Em uma das primeiras reuniões comigo, no cargo de Assessor de Planejamento, me afirmou que levaria adiante a obra, determinando que eu elaborasse o projeto do novo teatro.  A princípio fiquei um pouco receoso de perder tempo com um projeto que poderia ser “engavetado”, pois sabia ser uma obra de alta complexidade e que demandaria elevados custos, imaginando que aquela decisão poderia ser apenas “fogo de palha” de um jovem prefeito sonhador.

:: LEIA MAIS »

MISSA DE TRIGÉSIMO DIA

DIONÊ 30 DIAS

Quinto, Quinto de Souza, Quintinho… É com você garoto!!!

quinto aniversário

Ilhéus viabiliza obras de preservação do patrimônio histórico arquitetônico

Biblioteca Municipal, Teatro, Casa de Cultura e outros espaços foram reformados e devolvidos à comunidade nos últimos anos

Acervo da Biblioteca Municipal Adonias Filho - Sala de Leitura - Foto Alfredo Filho Secom Ilheus (1)

Acervo da Biblioteca Municipal Adonias Filho – Sala de Leitura – Foto Alfredo Filho Secom Ilheus (1)

Ilhéus completa 482 de história. Nesses quase cinco séculos, a cidade se tornou privilegiada por um acervo arquitetônico e cultural imortalizado nas obras do escritor Jorge Amado. A preservação dessa riqueza histórica tem sido uma preocupação do governo municipal, através da captação de recursos junto ao governo federal e estadual, para a realização de obras que visam a revitalização desses equipamentos.

A recuperação dos prédios históricos beneficiou a Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho, cuja obra foi realizada com recursos próprios, a Casa de Cultura de Jorge Amado, através de parceria com o Sebrae, e agora o Teatro Municipal, que será reinaugurado, totalmente modernizado, cuja obra foi possível em virtude de verbas de emendas parlamentares subscritas pelo deputado federal Mário Negromonte Júnior, com o apoio do Ministério da Cultura.

O secretário de Cultura, Paulo Atto, lembra que ao iniciar a atual administração, realizou levantamentos acerca da situação desses prédios, cumprindo determinação do prefeito Jabes Ribeiro. Ele conta que, de todos os equipamentos, somente o Bataclan, que é administrado pela iniciativa privada, estava em boas condições. “Desde o ônibus Águia da Cultura até o Teatro Municipal não tinham condições de funcionar. Encontramos o Ônibus, por exemplo, trancado numa garagem, sem pneus, e o TMI precisou ser interditado por segurança”.

:: LEIA MAIS »

Bahia Criativa promove oficinas e consultorias gratuitas

Os produtores, artistas, empreendedores e organizações culturais de Salvador, Jequié, Alagoinhas, Valença e Juazeiro terão oportunidade de participar da oficina “Gerenciamento de Empreendimentos e Projetos Criativos”, promovida gratuitamente pelo Escritório Bahia Criativa, que dá atendimento e suporte a profissionais e empreendedores que atuam nos setores criativos. Além disso, serão oferecidas consultorias coletivas para enquadramento de projetos em editais nos municípios de Ibotirama, Palmeiras, Porto Seguro e Senhor do Bonfim.

As oficinas sobre Gerenciamento de Empreendimentos e Projetos Criativos começam por Jequié, nos dias 4 e 5 de julho. O palestrante é Frederico Andrade, que repetirá a ação em Alagoinhas, nos dias 7 e 8. Em Valença, nos dias 18 e 19, Gina Leite irá abordar o tema Financiamento de Empreendimentos e Projetos Criativos, mesmo assunto sobre o qual falará Júlio Marques, em Juazeiro, nos dias 21 e 22. Confira na tabela abaixo a programação de oficinas e consultorias, com respectivos prazos para inscrição.

Todas as oficinas e consultorias coletivas acontecem das 9h às 18h e disponibilizam 30 vagas paras as oficinas e 20 vagas para as consultorias. Para participar, os interessados devem solicitar inscrição através do e-mail bahia.criativa@cultura.ba.gov.br.

O Bahia Criativa é fruto de um convênio firmado entre o Ministério da Cultura e a Secretaria de Cultura do Estado (Secult-BA) e vai iniciar também em julho uma ação piloto em conjunto com a Diretoria de Fomento da Superintendência de Promoção Cultural (Suprocult) para oferecer consultoria individual na área de gerenciamento e sustentabilidade para algumas das instituições que pertencem ao Programa de Apoio a Ações Continuadas do Fundo de Cultura. Mais informações no telefone (71) 3319-0033 ou na página do Bahia Criativa no FaceBook.

:: LEIA MAIS »

Luiz Castro em: DECOLORES

VELHO TOURINHO

 Na década de 60 trabalhei nos escritórios de representações de Henrique Amaral e logo depois com Julio Vieira, ambos eram representantes de diversas empresas fabricantes de Vinho Mosele, Vinho Salton, Colombo, Aluminio Penedo,  Arroz, Charque, Cebola, entre outras representações. O comércio de secos e  molhados de  Ilhéus e região cacaueira era pujante, existiam firmas potentes  como  Lopes Sobral, Enock Ramos, Aurelino (Oliveira, ASMaia, Adelino Maia, Vaz Sampaio, Waltercio Porto, Antonio Henrique e Alberto Haje, os quais abasteciam as cidades do norte e extremo sul da Bahia. Os Correios e Telegrafos tinha um papel prepoderante nas entregas das correspondencias e telegramas “Westerns”. Daí que conheci varios funcionarios dos Correios a exemplo de Tourinho, que vez em quando era escalado para o serviço externo. Naquela epoca Tourinho ainda jovem gostava de bater uma bolinha na liga praiana de futebol e no Estadio Mario Pessoa jogando pelo Flamengo Amarelo Preto comandado por Chico Carapeba. Ao passar dos tempos o “craque” se aposentou logo cedo dos Correios e também do futebol, devido um sério problema nas pernas, necessitando inclusive tratamento fisioterapico intensivo no Hospital Sara Kubischeky em Brasilia , mas mesmo assim não houve grandes resultados. Tempos depois fora convidado pelo saudoso Jackson Lima para ser arbrito da AVEPI por muitos anos, vindo abandonar a carreira tempos depois. Por ser ex atleta e juiz de futebol Tourinho passou a fazer sua caminhada matinal na praia da avenida Soares Lopes, mesmo nos dias  estando chovendo. Fizemos muitas caminhadas do Porto até Badaca, durante o percurso conversavamos sobre diversos assuntos principalmente de seus antigos colegas como Manfredo, que gostava sempre de pedir um aval bancario e normalmente reformava a letra com o gerente do Banco Economico Elmir Menezes. Certo dia o gerente de tanto esperar o cliente saldar seu compromisso o chamou para lembrar que a letra ja tinha vencido e a resposta do cliente foi de imediato: “Estou sabendo e a musica foi classifica”.

Tourinho durante toda sua vida so cultivou amizade, foi um bom esposo, exelente pai e ultimamente estava apaixonado pela netinha.

Quero aqui externar meus sentimentos aos seus familiares, dizendo que ele foi embora fora do combinado.

Luiz Castro

Reabertura do Teatro Municipal terá outorga  da Comenda do Mérito de São Jorge dos Ilhéus

Equipamento será reaberto nesta terça-feira, dia 28, com a solenidade comemorativa ao aniversário de 482 de fundação da cidade com as presenças do Ministro da Cultura e do vice-governador da Bahia.

Nesta terça-feira, 28 de junho, Ilhéus comemora 482 anos de fundação da cidade. Haverá solenidade de hasteamento das bandeiras, na Praça Dom Eduardo, às 8 horas, seguida de Missa Solene na Catedral de São Sebastião. Logo após, às 10h30min, o prefeito Jabes Ribeiro e o vice Carlos Machado reinauguram o Teatro Municipal de Ilhéus, após obra de requalificação do equipamento. O ato contará com as presenças do Ministro da Cultura, Marcelo Calero, e do vice-governador da Bahia, João Leão, dos deputados federais Roberto Brito, Davidson Magalhães, Cacá Leão, Mário Negromonte Júnior e o estadual Eduardo Salles, além de autoridades locais e populares.

Após a reabertura do Teatro, a solenidade comemorativa do aniversário da cidade contará com a entrega da Comenda da Ordem do Mérito de São Jorge dos Ilhéus, a ser presidida pelo prefeito Jabes Ribeiro, que entregará a medalha a personalidades que tenham contribuído com ações em prol do desenvolvimento do município.

Comendadores – Dentre os homenageados estão a Irmã Georgina Carvalho de Azevedo Costa, diretora do Instituto Nossa Senhora Piedade – que completa 100 anos em 2016, o juiz de Direito, Jorge Luiz Dias Ferreira, da 2ª Vara Cível; a desembargadora Nélia de Oliveira Neves, do Tribunal Regional do Trabalho; o  promotor de Justiça, Paulo Sampaio Figueiredo; o padre Aldemiro Sena dos Santos, vigário geral da Paróquia de São Jorge dos Ilhéus, a gerente regional do Sebrae, Claudiana Oliveira Campos Figueiredo,  a educadora Jaldyr Ramos Mendonça, o jornalista José Adervan de Oliveira; superintendente regional da Caixa Econômica, Marcos Vinícius dos Santos Nascimento; venerável da Loja Maçônica Elias Ocké, Aurelito Lorens; o médico angiologista Eduardo José Vita da Silva, além de parlamentares.

A Comenda do Mérito de São Jorge dos Ilhéus foi criada pela lei 2.191, de 21 de agosto de 1985, publicada no jornal oficial de 1º. de novembro do mesmo ano, com a finalidade reconhecer pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que tenham contribuído para o desenvolvimento do município de Ilhéus ou do seu povo; ou que, por mérito, se tenham tornado dignas do reconhecimento do Poder Executivo Municipal.

Teatro Municipal – A reabertura do Teatro, totalmente renovado, simboliza a devolução do espaço à comunidade ilheense e regional, compromisso assumido pelo prefeito Jabes Ribeiro com a classe artística regional. Os serviços da revitalização do TMI foram custeados através de verbas de duas emendas parlamentares, subscritas pelo deputado federal Mário Negromonte Júnior, com o apoio do Ministério da Cultura.

As celebrações pelo aniversário de 482 anos de história de Ilhéus contarão também com a realização do 15º Torneio de Pesca de Ilhéus, na Praia do Sul. Ainda na praça Dom Eduardo, às 14h, haverá exibição do projeto Retalhos Criativos e, às 16 horas, será aberta a exposição “Olhar Invisível”, com trabalhos de  moradores de rua. A agenda será encerrada com o show da cantora Elba Ramallho, no último dia do Ilhéus Forró, a partir das 20h, na Avenida Soares Lopes.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia