NA 20ª RODADA DEU VITÓRIA DOS CAPITÃES ALEX DE MOISES E RENATINHO DOS LEAIS

Com a presença de 64 associados e resultando em dois bons ‘babas’ de escores iguais, a Associação dos Veteranos de Esporte Praiano –AVEP, entidade de “babas de praia” quase centenária em atividade de Ilhéus, concluiu no domingo(11) pela manhã a 20ª rodada da referida modalidade esportiva onde (no Campo Grimaldo) o quadro comandado pelo Capitão Alex de Moises ganhou do de Capitão Dinho da Van por 3 a 2 com gols do próprio Alex de Moises(2) e Alan Firula; Artur Alicate e Ismar Landgol fizeram para os perdedores. No Campo Martial, ao marcar 3 e levar 2 os escolhidos pelo Capitão Renatinho dos Leais saíram-se –com gols de Waldomiro(2) e Crispa da Galera do Fla– vencedores ao abater os selecionados pelo Capitão Marconi, para os quais marcaram os avantes Tabosa do Ofertão e o próprio Marconi. Na rodada receberam Cartão Amarelo: Carlão do Taxi, Bira da Polícia, Geraldo da Ceplac, Passos de Uruçuca, Paulo Cesar, Wendel da Autoescola, Gutemberg Trator e Robertão aplicados pelos árbitros Wilson Salviano (Campo Grimaldo) e João Victor. Ambos integram a Associação de Árbitros de Futebol de Campo de Ilhéus – AAFCI com atuações de regular para boa, conforme os avaliadores de árbitros. Os “babas” aconteceram na já manjada areazinha de sempre: Avenida Soares Lopes, bem defronte ao espaço cultural Tenda Teatro Popular de Ilhéus. O diretor do dia foi o associado Álvaro Malta (popularmente conhecido como Alvinho).

Equipes que atuaram no Campo Grimaldo:

(Cap. Alex de Moises): Goleiro Fernando, Gutemberg Trator, Passos de Uruçuca, Correia do HSBC e Souza da Polícia; Erisvan(Major do Bahia de Itabuna entrou aos 7’ da 2ª etapa), Charles Reis, Alan Firula, Alex de Moises, Duda pantera e Paulo Carqueija.

(Cap. Dinho da Van): Goleiro Jamilton, Waldemar da Codeba(Ralio da Contabilidade entrou no intefvalo), Dinho da Van, Galletti da Rio de Engenho e Everaldo Cabeça de Flande(Eduardo Japonês entrou no intervalo); Geraldo da Ceplac, Bira da Polícia, Paulo Cesar, Zé Eduardo, Ismar Landgol e Artur Alicate(Adauto Negocinho entrou no intervalo).

Equipes que atuaram no Campo Martial:

(Cap. Marconi): Goleiro Marcelo(goleiro Rosivaldo entrou no intervalo), Vado do Bradesco, Prof. Jorge Reis, Nilton do BB e Heckel Januário(Pedro Chama Gol entrou no intervalo); Moises, Danilo(Cesinha da Nacional entrou aos 15’ da 2ª etapa), Carlão do Taxi, Tabosa do Ofertão(Luís Eduardo LE7 entrou aos 33’ da 1ª etapa), Marconi e Garrancho 100 Anos de Praia(Zugaib da Ceplac entrou aos 30’ da 1ª etapa).

(Cap. Renatinho dos Leais): Goleiro Ricardo, Buíra do Navio(Gilson entrou no intervalo), Djalma Peludo, Robertão e Sizinio do Remo(Wendel da Autoescola entrou no intervalo); Eliandro Picolé, Luciano, Renatinho do Leais, Waldomiro, Eldon do Ofertão(Podão entrou aos 30’ da 1ª etapa) e Crispa da Galera do Fla.

COMENTÁRIOS

Registraram os analistas que houve dois confrontos ‘pau a pau’, ou seja, não existiu uma supremacia em qualquer aspecto de um time sobre o outro, mesmo havendo um perdedor, como reza na antiga cartilha do esporte bretão. A equipe do Cap. Alex de Moises saiu para o intervalo vencendo de 2 a 1, mas aos 10’ da 2ª etapa cedeu o empate. O jogo transcorria equilibrado, mas no finalzinho da contenda a equipe do Cap. Dinho da Van sofrer o terceiro gol numa falha conjunta da defesa. No Campo Martial o time do Cap. Renatinho dos Leais esteve mais incisivo no ataque no início do ‘baba’ e fez o primeiro gol aos 10’; o do Cap. Marconi equilibrou o jogo e empatou aos 20’, cedeu o segundo aos 25’, e empatou novamente aos 30’, indo os dois contendores empatados para o vestiário. Na 2ª etapa, o abandono da zona do agrião (como o famoso jornalista João Saldanha alcunhou a ‘grande área’ do campo de futebol) pelo zagueiro Nilton do BB ao se mandar pra frente na tentativa de resolver o jogo, deixou brecha para aos 15’ o quadro do Cap. Renatinho dos Leais fazer 3 a 2. O volante Moises ao recuar para a zaga, permitiu um novo ajuste do time e realizar bons ataques, porém, com o ataque errando nas conclusões, insuficientes para empatar a partida.

NOTAS

O presidente Djalma Peludo em reunião com os associados antes das equipes partirem para a praia, falou dos preparativos da festa de confraternização de fim de ano da Associação que será realizada dia 16.12.2018 na AABANEB. Pediu que os sócios levem 1 quilo (ou mais –a depender da possibilidade de cada um) de alimento não perecível a ser doado a alguma entidade filantrópica ilheense. Falou também para a turma não esquecer da aventada proposta de doação – do que for possível – a irmã de dona Iara que está doente e passa por dificuldades (Dona Iara é mãe do associado e promoter Zezinho da Baixa Fria e parceira avepiana das antigas). Completou dizendo que na organização da festa está contando com os préstimos de alguns associados que, ao serem solicitados, não mediram esforços em ajudar.

Das costumeiras fofocas no ambiente avepiano, saiu que o presidente Peludo será candidato à reeleição avepiana e como já está e acostumando com esse negócio de pleito eleitoral, pensa seriamente em se candidatar a uma cadeira na Câmara de Vereadores de Ilhéus. Sobre a pretensão, o polêmico associado Everaldo Cabeça de Flande, ex-beque defensivo e ‘atacativo’ da seleção amadora de Camamu, já andou metendo o bedelho ao dizer que para tal concretização ele precisa combinar com seu contracunhado, Álvaro Malta(o Alvinho) e “Porra! Como pode dois candidatos na família ao mesmo cargo eletivo??!!”, concluiu.

Atenção: na disputa acirradas pela artilharia da Temporada 2018 avepiana, o meia-atacante Alex de Moises ultrapassou nesta rodada o centroavante Wendel da Autoescola que vinha liderando-a com 21 gols.

O novo sócio avepiano Waldomiro estreou ganhando. Entrará no rol dos chamados velocistas e no dos veteranos de idade mais baixa.

Texto do associado Heckel Januário. Fotos das “babas” de Marconi Almeida, fotógrafo oficial e diretor de Divulgação da Avep. O Prof. Jorge Reis é o fotógrafo de momentos etílicos desta entidade e seu Secretário.