WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia embasa secom bahia embasa


Janeiro 2013
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  






:: jan/2013

Ilhéus será contemplado com o Plano Safra da Pesca e Aquicultura

Sebastião Vivas. Foto Gidelzo Silva

Sebastião Vivas. Foto Gidelzo Silva

O município de Ilhéus será contemplado com o Plano Safra da Pesca e Aquicultura 2013/2014. A informação foi confirmada pelo secretário municipal de Agricultura e Pesca, Sebastião Vivas, durante reunião mantida em Salvador, na última segunda-feira (21), com a superintendente Federal de Pesca e Aquicultura da Bahia, Sílvia Cerqueira, que contou com a presença do deputado estadual José de Arimatéia. O ministro da Pesca, Marcelo Crivella, será convidado para o lançamento do plano, na cidade, cuja data será ainda definida.

O Plano Safra é um instrumento para tornar mais efetiva as políticas públicas econômicas e sociais do Governo Federal, voltadas para a cadeia produtiva da pesca e aquicultura. O objetivo é ampliar as ações governamentais e o desenvolvimento sustentável por meio de medidas de estímulo à competitividade e ao empreendedorismo.

Programas

:: LEIA MAIS »

SSP/BA abre seleção para 39 vagas de nível médio e superior

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP) abriu seleção para 39 vagas em cargos temporários. Os selecionados atuarão na Superintendência de Telecomunicações por dois anos, podendo ser prorrogáveis pelo mesmo período. O edital de abertura foi publicado na edição desta quarta-feira (23) do Diário Oficial do Estado.
Inscrições devem ser feitas entre os dias 4 e 6 de fevereiro e, após o carnaval, nos dias 14, 15 e 18

As vagas são para técnicos de nível superior e superior com carga horária de 40 horas semanais. As inscrições poderão ser feitas na sede da SSP, localizada na 4ª Avenida, 430, no Centro Administrativo da Bahia, entre os dias 4 e 6 de fevereiro e, após o carnaval, nos dias 14, 15 e 18 do mesmo mês. O horário de atendimento será das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas.

A remuneração para todos os técnicos de nível superior é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 991,80, acrescido de uma Gratificação no valor de R$ 1.296,59. Para os técnicos de nível médio, a remuneração é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 629,13, acrescido de uma gratificação no valor de R$ 420,76.

O processo de seleção será feito levando em consideração a análise curricular, dentre outros critérios. Os interessados podem conseguir o edital clicando aqui, onde encontrarão as informações a respeito da documentação necessária para inscrição.


Da Redação
Correio da Bahia
http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-1/artigo/sspba-abre-selecao-para-39-vagas-de-nivel-medio-e-superior/

CENTRO ESPÍRITA PORTO DA ESPERANÇA DE ILHÉUS

8ª JORNESPE
CEPE – CENTRO ESPÍRITA PORTO DA ESPERANÇA DE ILHÉUS
Espiritismo, Amor e Vida
DATA: 31/01 a 03/02/2013
LOCAL: Auditório do Centro Espírita Porto da Esperança
ENDEREÇO: Avenida Princesa Isabel, nº 1.298
ILHÉUS – BAHIA

8ª JORNESPE - CEPE - CENTRO ESPÍRITA PORTO DA ESPERANÇA DE ILHÉUS - Espiritismo, Amor e  Vida

OPUS DEI

od

23 de janeiro de 2013 

Jovem argentino conta em vídeo como a sua fé se transforma em obras. Testemunhos de dois muçulmanos e um ortodoxo turco em uma residência do Opus Dei na França. Centro Diurno para Idosos Necessitados em Roma. Editorial sobre sentido do sofrimento.
TESTEMUNHOS

Alik, Timur e Kami são três estudantes que residem em Nideck, uma residência de Estrasburgo (França), dirigida por membros do Opus Dei. Nessas residências convivem habitualmente estudantes de diversas raças, culturas, religiões e modos de pensar. Alik e Timur, muçulmanos, são oriundos de Kabardino-Balkaria (República do Cáucaso). Kami é ortodoxo turco. [+]

INICIATIVAS SOCIAIS

Ajudar os outros é um compromisso que implica passar das palavras aos fatos. Os responsáveis pelo Campus Biomédico de Roma – uma obra corporativa do Opus Dei – e o ator de cinema Alberto Sordi compartilhavam o desejo de ajudar aos idosos da cidade. E assim surgiu o CESA. [+]

CULTIVAR A FÉ

Alberto é argentino e estuda na Universidade. Sua fé cristã o leva a pensar com inquietação.”Que posso fazer pelos demais?”. Neste vídeo explica como tenta que sua fé se traduza em obras de serviço. [+]

Mesmo que a dor seja uma das experiências mais comuns da vida, sempre nos surpreende e continuamente nos exige aprender e nos adaptar às novas circunstâncias. [+]

Água distribuída em Canavieiras tem boa qualidade

Padrões de potabilidade obedecem parâmetros do Ministério da Saúde

eta canavieiras

Em dezembro, a água fornecida pela Embasa à população de Canavieiras, atendeu aos parâmetros físico-químicos e bacteriológicos estabelecidos pela Portaria 2.914/11 do Ministério da Saúde. A qualidade da água distribuída passa regularmente por controle de qualidade em laboratórios próprios da empresa. No entanto, por determinação de medida liminar referente a ação civil pública no Juízo da Vara Cível da Comarca de Canavieiras, a Embasa contratou um laboratório externo para analisar mensalmente a água distribuída na cidade. Relatório da Empresa de Consultoria Ambiental (Ecam) atesta que a água da Embasa, no mês de dezembro passado, está dentro dos padrões de potabilidade.
Até a conclusão do processo judicial, a Embasa irá divulgar, mês a mês, o resultado das análises no site, através do endereço http://www.embasa.ba.gov.br/content/analise-da-agua, no escritório local da Embasa, em Canavieiras, ou na unidade regional da empresa, em Itabuna.

Prefeitura de Ilhéus

CAPA_02F
Prefeito determina realização de auditoria na Secretaria de Saúde
Últimos dias para matricula na rede municipal de ensino de Ilhéus
Recadastramento dos servidores com iniciais de ‘F’ a ‘J’ até esta sexta, 25
Jabes concede comenda do Mérito de São Jorge a Demosthenes Berbert

:: LEIA MAIS »

Professores de Ilhéus farão vigília nesta 6ª feira em frente a Prefeitura

Os trabalhadores em educação da rede municipal de Ilhéus decidiram, em assembleia realizada na tarde desta terça-feira (22), que farão uma vigília em frente ao Palácio Paranaguá na manhã desta sexta-feira (25), a partir das 10 horas, durante o momento em que acontecerá a audiência da categoria com o prefeito Jabes Ribeiro. O objetivo da reunião com o prefeito é definir a data de pagamento dos salários do mês de dezembro de todos os trabalhadores em educação e também o 1/3 de férias dos professores que ainda estão em aberto.

A categoria também decidiu que realizará uma nova assembleia logo após a audiência com o prefeito para discutir sobre a proposta de pagamento apresentada pelo executivo municipal e decidir os rumos do movimento. Um dos indicativos dos trabalhadores em educação é de que o ano letivo só será iniciado com a regularização das pendências. A diretoria da APPI/APLB-Sindicato, Delegacia Sindical Costa do Cacau informou que o Calendário Letivo 2013 já está aprovado pelo Conselho Municipal de Educação, com Jornada Pedagógica a ser realizada e início do ano letivo, mas o retorno às atividades depende da regularização dos direitos trabalhistas dos profissionais da educação.

CONCURSADOS

:: LEIA MAIS »

Preço interno do cacau pode melhorar nos próximos meses

Os produtores de cacau da Bahia estão comemorando a volta das chuvas, que deve evitar a queda da produção do próximo Temporão, mas, estão ainda, sofrendo com os preços de comercialização. De safra em safra, o receio dos produtores com o preço se repete. E mais uma vez, o ano iniciou com a cotação no mercado interno em baixa, dificultando novos investimentos na lavoura e desanimando grande parte dos produtores.

De acordo com o analista de mercado, Thomas Hartmann, os preços estão baixos por causa da queda simultânea das cotações mundiais e do diferencial pago pelos compradores locais em relação com as cotações na Bolsa. “Ambas as quedas foram causadas pela existência de estoques elevados de cacau e perspectivas de ampla produção num quadro de consumo estagnado em termos mundiais, embora esteja em expansão no Brasil e alguns outros mercados emergentes, mas que representam uma parcela relativamente pequena do consumo global”, informou Thomas.

Muito influenciado pelo mercado internacional, o valor oscila bastante e o futuro dos preços é incerto, além disto, diversos fatores influenciam a formação no mercado interno, como o prêmio pago pelas indústrias. Mas, ainda de acordo com Hartmann, não haverá uma alta significante, mas deverão ocorrer elevações nos preços. “Não há perspectivas de uma alta significante das cotações externas, mas poderá haver uma elevação dos diferenciais pagos no mercado interno dentro dos próximos 2-3 meses.”, afirmou o analista.

Ontem, 23, o contrato de Março/13 em Nova Iorque fechou em baixa de $72 cotado a $2213 no horário oficial e terminou o dia em $2223. O mesmo contrato em Londres caiu £40 para fechar em £1443. Os volumes negociados somaram 33.483 contratos em Londres e cerca de 35.000 em Nova Iorque. Os preços no mercado do produtor da Bahia baixaram para R$63,00 –63,50/arroba.

Fonte: Mercado do Cacau

Publicado na Itália

História Infantil de Cyro de Mattos
Que Acontece Durante o Carnaval
Da Bahia É Publicada na Itália

O livro “O Menino e o Trio Elétrico”, do escritor baiano Cyro de Mattos acaba de ser publicado na Itália, pela Editora Romar, de Milão, com ilustrações da brasileira Petra Elster e tradução da poetisa italiana Mirela Abriani. O livro foi publicado no Brasil pela Editora Saraiva, coleção Mindinho e Seu Vizinho, e já se encontra disponível em forma digital (eBook). “O Menino e o Trio Elétrico” conquistou em 2008 o Prêmio Maria Alice de Lucas, da União Brasileira de Escritores, Seção do Rio do Janeiro.
A narrativa infantil “O Menino e o Trio Elétrico” conta a história de Chapinha, um menino negro, de oito anos de idade, que vende amendoim torrado nos ônibus de Salvador para ajudar no sustento a mãe e a avó, que moram numa casa pobre perto do Dique do Tororó e vivem com dificuldades. Ele sonha em brincar um dia o carnaval em um desses blocos de arromba que saem atrás do trio elétrico, com seus astros famosos, mas não consegue porque não tem dinheiro para comprar seu abadá.
Essa história do autor baiano trata pela primeira vez na literatura infantil brasileira do tema que aborda o carnaval baiano com seus famosos trios elétricos, que virou hoje coisa para turista e rico, e dos que não podem participar da festa. Para um menino pobre como Chapinha, o seu sonho é algo quase impossível de se realizar, porque um abadá a vestimenta que identifica um bloco, chega a custar muito dinheiro. Na história de Chapinha e o trio elétrico cabem todos os cheiros de Salvador, com suas ladeiras e becos, santos e orixás, alegria de seu povo no agito de uma festa que faz a cidade trepidar por todos os cantos.
È o próprio autor que conta como foi motivado para escrever a história:
“Certa vez eu estava dando um passeio pela orla de Salvador quando vi um menino negro entrar no ônibus para vender amendoim torrado aos passageiros. A festa do carnaval ia acontecer dali a uma semana. Ia mexer, como sempre, na “alma” da cidade de todos os santos e orixás, transformando-a numa onda de alegria, feita de ritmos e cores vibrantes, com os foliões pulando, cantando, abraçando e beijando… na maior felicidade..
“Ao retornar ao hotel à noite, imaginei como seria a vida daquele menino durante o carnaval, vendendo amendoim enquanto a cidade se divertia. Foi assim que começou a nascer esta história dentro de mim. Não vou contar se a história de Chapinha termina com a vitória da tristeza e a derrota da alegria. Bem, isso eu deixo para você ler e sentir comigo todos os lances marcantes do primeiro livro que escrevi para meninos de todas as idades, ambientado na cidade de Salvador, Bahia, com seus dias embalados na folia.”

Transito

Ilhéus tem que entra uma pessoa que faca o transito melhora em salvador devido a chuva os semáforos ficarão no amarelo piscaste e devido o transtorno já tão tudo voltando ao normal mas aqui em ilhéus foi colocado no piscaste e com tanto transtorno na 13 de maio e na praça cairu ainda continua a mesma coisa ta vendo que isso não ta dando certo se era pra fazer um teste já tem mais de 20 dia nesse teste que não da certo era só pega e muda os tempos de um sinal por outro mas vai ter gente burra assim nessa secretaria de transito precisamos muda e logo jabes vc não ta vendo isso não muda logo que não ta dando certo não.


Alan Marques Santos

Alfredo Amorim da Silveira em: “10TAQUES”.

Os Lavigne

Os Lavigne

A família Lavigne, uma das mais antigas e tradicionais de Ilhéus, está radicada em nosso meio há aproximadamente duzentos anos. Toda ela descende do francês Louis Gaston Lavigne que veio para o Brasil em 1816 com seu pai, François Gaston Lavigne, um dos componentes da Embaixada Artística de Taunay.

Louis casou-se com a alemã Maria Bonin, pertencente a uma das famílias de emigrantes fixadas na Colônia de São Jorge da Cachoeira de Itabuna. Dedicou-se à agricultura e instalou sua fazenda às margens do rio Itaipe, onde desbravou a mata e estabeleceu plantações de algodão, café, cereais, cana de açúcar e cacau, além de uma serraria movida à água, para o aproveitamento da madeira da região.

Instruído e trabalhador, sempre se opôs à idéia da monocultura. Possuía horta, pomar e jardim na fazenda. Criava animais das mais diversas espécies e mantinha a família e os empregados quase exclusivamente com os produtos da propriedade. Comprava apenas sal, roupas e remédios. Plantou quatorze mil cacaueiros balizados, no ribeirão da Timbuíba, que ainda hoje produzem.

Austero, honrado, toda a sua vida foi um exemplo de trabalho e dignidade. Deixou oito filhos: José, que se casou com Catarina Schaun; Luis, que se casou com Leonina Augusta Sá; Joaquim Roberto; Pedro; François, casado com Olímpia Faria; Josefina, casada com Domingos José de Lemos; Luiza e Virgínia, casada com Félix Mariano Cardoso e Silva.

A segunda geração dos descendentes de Louis Gaston Lavigne forma uma árvore frondosa, com raízes firmemente plantadas nas terras de São Jorge dos Ilhéus.

Dentre eles destacam-se, pela sua participação na vida política e administrativa do município, Eusínio Gaston Lavigne, que foi um dos grandes prefeitos que a cidade teve e Arthur Lavigne, que foi Vice Intendente de Ilhéus em 1908, eleito por João Mangabeira, seu correligionário, governou o município até 1912, pois João Mangabeira foi eleito Deputado Federal. Reelegeu-se para o período de 1912/1916, mas só ficou até 1914 quando foi substituído pelo Coronel Pessoa. Foi também suplente de Deputado Federal, chegando a exercer o cargo.

Alfredinho

contra foto 22 01 2013 educação povo





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia